sexta-feira, 30 de maio de 2014

AJUDAR AOS OUTROS É AJUDAR A SI MESMO!


SECRETARIA DE SAÚDE DE GUAMARÉ ATRAVÉS DA ATENÇÃO BÁSICA VAI ONDE O POVO ESTAR

A equipe de atenção básica da secretaria de saúde de Guamaré tem feito um trabalho muito importante, ela está indo ao encontro de quem mais precisa de Atenção na Saúde como, por exemplo, quem mora em assentamentos ou locais onde pessoas tem dualidade de vir até a cidade.
Não sei se já funcionava esse esquema antes, mas sem dúvida um trabalho importante que precisa de continuidade e, dentro das possibilidades, ampliação.
A Secretaria de Saúde está desenvolvendo o PSE nas instituições escolares do município. Hoje foi a vez da Escola Municipal Professora Francisca Freire de Miranda.

domingo, 25 de maio de 2014

NOTÍCIAS DO SELO


Relatório de linha de base selo UNICEF município aprovado edição 2013 - 2016...


Já está disponível no site do Selo UNICEF Município Aprovado o relatório com 13  indicadores de impacto social  que compõe a linha de base para realização do diagnóstico da situação das crianças e adolescentes de cada município do semiárido brasileiro. São informações básicas para se verificar como o município está em relação ao seu grupo no Selo UNICEF na oferta dos serviços de saúde, educação e proteção no período de 2011 a 2013, a depender da disponibilidade de cada indicador naquele momento. Para acessar o relatório basta entrar no site www.selounicef.org.br, clicando primeiramente no "link" do estado a qual pertence o municípios  em seguida acione os "links"  Material do Selo/ Edição 2013-2016/ Monitoramento e Avaliação/Relatório da Linha de Base.

O BRASIL ATINGIU PRATICAMENTE TODAS AS METAS DO MILÊNIO

Em 2000, a ONU – Organização das Nações Unidas, ao analisar os maiores problemas mundiais, estabeleceu 8 Objetivos do Milênio – ODM, que no Brasil são chamados de 8 Jeitos de Mudar o Mundo – que devem ser atingidos por todos os países até 2015.

O Brasil atingiu praticamente todas as Metas do Milênio. As metas foram lançadas pela Organização das Nações Unidas (ONU) e têm prazo até 2015 para serem cumpridas.


"Com o esforço e a participação de toda a sociedade, o Brasil avançou para se tornar menos desigual e mais justo", afirmou a presidenta Dilma, pelo Twitter.

Mas... ainda têm uma longa estrada a percorrer e se não houver uma conscientização por parte dos governantes a nível federal, estadual, municipal e sociedade no geral em trabalhar as políticas públicas, o Brasil não conseguirá manter ou avançar nas metas.

sábado, 24 de maio de 2014

GUAMARÉ EM BUSCA DO SELO UNICEF

“Discurso do prefeito de Guamaré Hélio (PMDB) reafirmando o compromisso do governo com as crianças e adolescentes do município, encanta Rui Aguiar, Coordenador Geral do Selo”.
O Escritório do UNICEF em Fortaleza iniciou um programa de troca de experiências com os municípios  participantes do Selo UNICEF Município Aprovado no Ceará, Rio Grande do Norte e Piauí.


Trata-se da “Sexta de Ideias”, iniciativa que reúne a equipe do UNICEF, parceiros e municípios que agendem previamente a visita (fortaleza@unicef.org), marcada sempre para as manhãs de sexta-feira na sede do UNICEF. Na visita inaugural, o prefeito de Guamaré, RN, Hélio Willamy  Miranda da Fonseca e a primeira dama Christianny Morais, acompanhados pelas equipes e secretários de assistência social, saúde e educação, apresentaram a ação intersetorial que estão desenvolvendo no município para a proteção integral de crianças e adolescentes.


 Na opinião do  prefeito Hélio, a visita foi importante para fortalecer o  Selo, quando reafirmou o seu compromisso de prioridade absoluta para crianças e adolescentes. A equipe do UNICEF ofereceu aos visitantes várias sugestões de como levar o Selo para perto da comunidade.


Rui Aguiar, coordenador geral do UNICEF do RN, CE e PI – Ouviu atentamente o discurso do prefeito Hélio, reafirmando o compromisso que o município de Guamaré vem tendo com as crianças e adolescentes.


Aguiar parabenizou o prefeito, e disse que faz questão de participar do Fórum que será realizado no município. O Coordenador fez questão de postar no face oficial do Selo UNICEF, o discurso  do prefeito de Guamaré.

sexta-feira, 23 de maio de 2014

BRASIL CUMPRE META DA ONU DE REDUZIR MORTALIDADE DE CRIANÇAS DE ATÉ 5 ANOS...

PORÉM, NÃO TEVE O MESMO SUCESSO NO COMPROMISSO DE DIMINUIR MORTE MATERNA.


O Brasil atingiu a meta assumida no compromisso "Objetivos de Desenvolvimento do Milênio" de reduzir em dois terços os indicadores de mortalidade de crianças de até cinco anos. O índice, que era de 53,7 mortes por mil nascidos vivos em 1990, passou para 17,7 em 2011. Os números integram o 5º Relatório Nacional de Acompanhamento, divulgado nesta sexta-feira, 22, em Brasília, pelo governo. A meta foi atingida antes do prazo estipulado, 2015.

A redução de morte materna, no entanto, não teve o mesmo sucesso. O documento admite que o Brasil dificilmente vá cumprir o compromisso de chegar em 2015 com no máximo 35 óbitos maternos a cada 100 mil nascimentos. Para isso, seria necessário praticamente reduzir pela metade os indicadores de 2011. Naquele ano, o número de mortes de mulheres durante a gravidez, o parto ou até 42 dias após o nascimento do bebê era de 63,9 por 100 mil nascimentos.


Embora ainda muito superior ao compromisso assumido, os índices de mortalidade materna no País já foram significativamente maiores. Em 1990, eram 143 por 100 mil nascimentos. O relatório argumenta ainda que o Brasil não é o único país a ter um desempenho nessa área abaixo do esperado.

Objetivos do Milênio são metas estabelecidas em 2000 pela Organização das Nações Unidas (ONU) e apoiadas por 192 países. Ao todo, são oito pontos: acabar com a fome e a miséria; universalização da educação primária; promoção da igualdade de gênero e autonomia das mulheres; reduzir a mortalidade na infância; reduzir a mortalidade materna, interromper a propagação e diminuir a incidência de HIV/aids, universalizar o tratamento para a doença e reduzir a incidência de malária, tuberculose e outras doenças; qualidade de vida e respeito ao meio ambiente, incluindo reduzir pela metade a proporção da população sem acesso permanente e sustentável à água potável; e parceria mundial para o desenvolvimento.

Mortalidade na infância. O relatório preparado pelo governo mostra que a queda mais significativa registrada na mortalidade na infância ocorreu na faixa entre um e quatro anos de idade. Atualmente, o problema está concentrado sobretudo nos primeiros 27 dias de vida do bebê, o período neonatal.

Embora o documento ressalte que o Brasil conseguiu cumprir a meta à frente de uma série de países, o texto admite que o nível de mortalidade até os cinco anos ainda é elevado. A desigualdade regional sofreu uma redução, no entanto, Norte e Nordeste ainda apresentam taxas superiores a 20 óbitos de crianças com menos de cinco anos por mil nascidos vivos. Na Região Sul, são 13 por mil nascidos vivos.


Acesso à água. O relatório também ressalta o alcance integral da meta de reduzir à metade o porcentual da população sem acesso a saneamento. A meta foi atingida em 2012. De acordo com o trabalho, em 1990 53% da população vivia em moradias com rede coletora de esgoto ou com fossa séptica. Em 2012, o porcentual subiu para 77%. O acesso à água também melhorou nesse intervalo, de 70% para 85,5%.


Pobreza extrema. A meta brasileira para essa área é mais ambiciosa que a mundial. O compromisso era reduzir a pobreza extrema a um quarto do nível de 1990 até 2015. De acordo com o relatório, em 2012, o nível da pobreza extrema era menos de um sétimo do nível de 1990. Pelos cálculos do governo, 3,6% da população vive com menos de R$ 70 mensais.

De acordo com o trabalho, a pobreza extrema entre idosos está praticamente erradicada, graças à inclusão em programas sociais e à política de valorização real do salário mínimo.


Já a desigualdade racial persiste, embora em menor grau. Em 2012, a probabilidade da extrema pobreza entre negros era o dobro da verificada na população branca. Um em cada 20 negros era extremamente pobre. Entre brancos, o risco é de um entre 46.

Educação primária. Em 2012, 23,2% dos jovens de 15 a 24 anos não haviam completado o ensino fundamental. Embora o porcentual ainda seja expressivo, o relatório argumenta que os números brasileiros já foram muito piores. Em 1990, 66,4% dos jovens não haviam completado os anos de estudo. O porcentual de crianças de 7 a 14 anos frequentando o ensino fundamental passou de 81,2% para 97,7%.

Quando quer ajudar,tudo tem jeito!


quinta-feira, 22 de maio de 2014

Programa Saúde na Escola é realizado na comunidade de Lagoa Doce e Mangue Seco I.

A Prefeitura de Guamaré, através da Secretaria de Saúde, em parceria com a Secretaria de Educação, realizou ontem, dia 21, o Programa Saúde na Escola, atendendo alunos e moradores da comunidade de Lagoa Doce e Mangue Seco I, na Escola Municipal Pedro Guilherme e Professor João Batista.



Durante toda a manhã foram oferecidos serviços de vacinação contra influenza, difteria e tétano (dT) e hepatite B, atendimento médico feito pela equipe do PSF de Salina da Cruz e Hospital Manoel de Lucas, aferição de pressão arterial e medição de glicose, além de orientações sobre o combate a dengue.

O evento serviu como um reforço para a melhoria da autoestima da própria unidade educacional, como também da comunidade. Através do Programa Saúde na Escola proporcionamos uma integração e aproximação maior com os alunos e a comunidade.


Guamaré aderiu formalmente ao Programa Saúde na Escola (PSE), que é uma política desenvolvida pelo Ministério da Saúde através do Decreto 6286/2007 e que tem como objetivo a formação integral dos estudantes por meio de ações de promoção, prevenção e atenção à saúde.



O município está fazendo, dentro da legalidade, a integração entre saúde e educação com todo o respaldo dos governos federal e municipal.


terça-feira, 20 de maio de 2014

Garantia de Direitos!


PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA É REALIZADO NA COMUNIDADE DE PONTA DE SALINA

A Prefeitura de Guamaré, através da Secretaria de Saúde, em parceria com a Secretaria de Educação, realizou hoje, dia 20, o Programa Saúde na Escola, atendendo alunos e moradores da comunidade de Ponte de Salina, na Escola Municipal Jesuíno Vieira de Melo. 


Durante toda a manhã foram oferecidos serviços de vacinação contra influenza, difteria e tétano (dT) e hepatite B, atendimento médico feito pela equipe do PSF de Salina da Cruz e Hospital Manoel de Lucas, aferição de pressão arterial e medição de glicose, além de orientações sobre o combate a dengue.


Segundo o secretário de Saúde do município Dr. Adriano Diógenes, a integração entre saúde e educação está sendo desenvolvida através do programa, contando com a participação de médicos, enfermeiras e equipe multidisciplinar.


“O evento serviu como um reforço para a melhoria da autoestima da própria unidade educacional, como também da comunidade. Através do Programa Saúde na Escola proporcionamos uma integração e aproximação maior com os alunos e a comunidade”, disse.

Guamaré aderiu formalmente ao Programa Saúde na Escola (PSE), que é uma política desenvolvida pelo Ministério da Saúde através do Decreto 6286/2007 e que tem como objetivo a formação integral dos estudantes por meio de ações de promoção, prevenção e atenção à saúde.

O município está fazendo, dentro da legalidade, a integração entre saúde e educação com todo o respaldo dos governos federal e municipal.

sábado, 17 de maio de 2014

ABRAÇO SIMBÓLICO MARCOU A CAMINHADA DO 18 DE MAIO EM PROL DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES DE GUAMARÉ

A Prefeitura Municipal de Guamaré, Secretaria de Assistência Social, Conselhos dos Direitos da Criança e Adolescentes, através do Creas juntamente com escolas do ensino infantil e fundamental II – 


Realizaram uma caminhada pública do 18 de maio, encerrando a participação da Secretaria de Assistência e Educação com um abraço simbólico, 


onde a população de Guamaré foi mobilizada e sensibilizada no reforço á proteção dos nossos meninos e meninas. 


Ações iniciaram desde o dia 05/05/2014 e encerrará neste domingo (18) com atividades esportivas da Secretaria de Esporte.



A Caminhada ocorreu nesta sexta- feira dia (16) ás 7:30h, com  concentração em frente ao CRAS/GUAMARÉ, seguindo pela Rua. Monsenhor José Tibúrcio,



finalizando de frente a Biblioteca Pública com o Abraço simbólico com as parcerias da SEMAS, CRAS, CREAS, Casa de Passagem, Conselho Tutelar, Secretaria Municipal de Saúde, Transporte e Secretaria Municipal de Educação e Cultura.


O centro infantil Olindina Vieira da Câmara Olegário. Levou a mensagem de que o Brasil pode cuidar de suas crianças com os seguintes temas:


“Sou criança, sou o verde da esperança” Sou criança, sou o branco da paz” " Sou criança, sou o amarelo da riqueza" " Sou criança, sou o Azul dos mares". 




A escola Antonio Theodorico, Levou a mensagem que as crianças precisam acreditar em seu futuro, que os adultos não destruam seus sonhos " Não destrua meus sonhos. 


quero ser atleta (pelotão dos meninos de roupa de futebol)" " Vivo em mundo de fantasias (Personagens dos contos)" " Me proteja, quero ter um profissão (Pelotão das profissões)". 


A escola Benvinda tratou do tema em sala de aula e levou cartazes com mensagens sobre a campanha.



É muito importante manter viva a memória do dia 18 de Maio e concentrar esforços para que toda a população se conscientize da importância de valorizar e defender 


os direitos da criança e do adolescente no enfrentamento ao abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes. 




Cada cidadão, cada família, 



cada instituição, 


cada município




 e cada estado



 podem desenvolver as ações 








que pensarem ser mais produtiva para alcançar este objetivo. Finalizou a Secretaria de Assistência Social e Articuladora do Selo UNICEF em Guamaré.