domingo, 30 de novembro de 2014

REFLEXÃO: DINHEIRO NÃO COMPRA A FELICIDADE!


PREFEITO HÉLIO MIRANDA FEZ A ENTREGA DE CARTEIRA PROFISSIONAL PARA ARTESÃOS GUAMAREENSES.

A Prefeitura Municipal de Guamaré, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, fez a entrega de carteiras de reconhecimento nacional aos artesãos do município, durante uma solenidade realizada nesta quinta-feira (27) no Clube da Praia, em parceria com a o Programa Estadual do Artesanato (Proart).

Segundo a  Coordenadora do Proart, Elaine Morgado, recebendo a carteira nacional do artesão, estes profissional terá vário benefícios, entre eles: Mapeamento do trabalho por região, descontos em lojas especializadas, participação de feira, além de outros incentivos para progredir com a produção dos seus trabalhos.

A Secretária Marisa Rodrigues da SEMAS, disse que organizar e capacitar os artesãos, é um compromisso da Assistência Social, que tem este público dentro das suas políticas públicas, como público prioritário. Desta forma, os artesãos recebem uma atenção especial dentro do Programa Capacitar e Empreender. “Estamos incentivando os artesãos de Guamaré a se organizarem, para que possam progredir, e assim, ter o apoio institucional dos Governos: Municipal, Estadual e Federal”. Finalizou.

O próximo passo a ser dado dentro do cronograma de apoio aos artesãos guamareenses, é um encontro com Técnicos do Programa RN Sustentável, que deverá acontecer no começo de dezembro.

A partir de agora diversos artesãos do município serão reconhecidos profissionalmente em qualquer parte do território nacional, um incentivo do governo municipal que representa a valorização do trabalho e uma oportunidade para os artesãos locais expor e comercializar os seus produtos por todo o país.

Para a artesã Maria Luiza, a carteirinha dá mais segurança para o profissional trabalhar. “Agora posso comprar materiais em outras cidades e transportar com segurança. Vou produzir com mais rapidez e vender com mais facilidade”, compartilha.
Na sua fala, o prefeito Hélio Miranda, disse que em julho de 2014, a prefeitura lançou o “Projeto Capacitar e Empreender Para Guamaré Ficar Cada Vez Melhor”, visando proporcionar oportunidades, principalmente o desenvolvimento sustentável no município. Capacitar e criar oportunidades para artesãos, pescadores, recicladores, agricultores e beneficiários dos programas sociais, é o objetivo principal do projeto.

Disse ainda que a prefeitura está apoiando os artesãos para expor e vender seus produtos, através da carteirinha de artesão que pode ser usada a nível nacional. Ela dá condições legais para a classe se organizar e divulgar seus trabalhos por todo o Brasil. Desejo sucesso a todos vocês, ressaltou na ocasião o prefeito Hélio.

UNICEF REPERCUTE A ATUAÇÃO DE GUAMARÉ NA II MOSTRA INTERNACIONAL DAS SEMANAS DO BEBÊ.

Na semana em que se celebra os 25 anos da Convenção Internacional dos Direitos da Criança, o governo do Estado do Pará, a prefeitura de Belém e o UNICEF se reuniram em Belém, capital do Pará, para afirmar os direitos das crianças de 0 a seis anos, a chamada 1ª infância. Para esse esforço, foi aberta nesta terça-feira, 18, a II Mostra Internacional das Semanas do Bebê.
O evento reuniu gestores e técnicos de mais de 120 municípios de 18 Estados, além de representantes de vários países que apresentaram experiências inovadoras na oferta de serviços e mobilização para a primeira infância.
Mais de uma centena de municípios enviaram experiências, das quais 13 foram selecionadas por um juri e foram apresentadas durante a Mostra internacional. Quatro municípios cearenses (Sobral, Maracanaú, Russas e Aracati) e dois do Rio Grande do Norte (Guamaré e Santa Cruz) tiveram suas experiências selecionadas. 
O escritório do UNICEF para os estados do Ceará, Rio Grande do Norte e Piauí parabeniza a todos os participantes e convida os municípios que ainda não realizaram a Semana do Bebê que vivam essa experiência rica a favor da primeira infância.
Mais informações podem ser obtidas em www.semanadobebe.org.br/
Do portal da Unicef


NOTÍCIAS DO SELO: SEMANA DO BEBÊ TEM NOVO MATERIAL INSTITUCIONAL


A Semana do Bebê ganhou um novo material institucional para apoiar o trabalho dos municípios interessados em realizar o evento. O kit de comunicação é disponibilizado gratuitamente pelo UNICEF para todas as localidades que tenham interesse em realizar a Semana do Bebê, e, para utilizá-lo, basta seguir os seguintes passos: 

- Solicitar o kit ao UNICEF, pelo email semanadobebe@semanadobebe.org.br; 

- Inserir a logomarca da prefeitura e dos parceiros locais do evento;

- Reenviar para o UNICEF para aprovação da inserção das logomarcas; 

- Após aprovação do UNICEF, imprimir e utilizar as peças. 

Ao disponibilizar esse material, o UNICEF busca apoiar o trabalho dos municípios, de maneira a incentivar o maior número de cidades a realizar esse importante evento em prol da primeira infância e aumentar cada vez mais o número de crianças beneficiadas em todo o país. 

Para mais informações sobre como realizar a Semana do Bebê, acesse www.semanadobebe.org.br

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

ARTESÃOS RECEBERÃO CARTEIRA NACIONAL.


Hoje, quinta-feira, 27 de novembro, a partir das 19 horas no clube da praia, a Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS) em parceria com a o Programa Estadual do Artesanato (Proart), estará entregando carteiras de reconhecimento nacional aos artesãos Guamareenses.

Segundo a  Coordenadora do Proart, Elaine Morgado, recebendo a carteira nacional do artesão, estes profissional terá vário benefícios, entre eles: Mapeamento do trabalho por região, descontos em lojas especializadas, participação de feira, além de outros incentivos para progredir com a produção dos seus trabalhos.

Já para a secretária Marisa Rodrigues da SEMAS, organizar e capacitar os artesãos, é um compromisso da Assistência Social, que tem este público dentro das suas políticas públicas, como público prioritário. Desta forma, os artesãos recebem uma atenção especial dentro do Programa Capacitar e Empreender.

“Estamos incentivando os artesãos de Guamaré a se organizarem, para que possam progredir, e assim, ter o apoio institucional dos Governos: Municipal, Estadual e Federal”, disse Marisa Rodrigues.


O próximo passo a ser dado dentro do cronograma de apoio aos artesãos guamareenses, é um encontro com Técnicos do Programa RN Sustentável, que deverá acontecer no começo de dezembro.

EQUIPE DE SAÚDE DE GUAMARÉ ATINGE NOTA MÁXIMA NA AVALIAÇÃO DO PMAQ.


Ministério da Saúde divulgou o resultado da avaliação externa realizada em todas as Unidades Básicas de Saúde do país,através do PMAQ (Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade na Atenção Básica).

Segundo o secretário de saúde Adriano Diógenes “Todas as nossas equipes foram avaliadas e obtiveram nota máxima. Isso mostra que estamos seguindo no caminho correto e, acrescentar um Plus de 100% nos recursos liberados para atenção básica do nosso município.” Concluiu.

II MOSTRA INTERNACIONAL DAS SEMANAS DO BEBÊ



Na semana em que se celebra os 25 anos da Convenção Internacional dos Direitos da Criança, o governo do Estado do Pará, a prefeitura de Belém e o UNICEF se reuniram em Belém, capital do Pará, para afirmar os direitos das crianças de 0 a seis anos, a chamada 1ª infância. Para esse esforço, foi aberta nesta terça-feira, 18, a II Mostra Internacional das Semanas do Bebê. O evento reuniu gestores e técnicos de mais de 120 municípios de 18 Estados, além de representantes de vários países que apresentaram experiências inovadoras na oferta de serviços e mobilização para a primeira infância. 

Mais de uma centena de municípios enviaram experiências, das quais 13 foram selecionadas por um juri e foram apresentadas durante a Mostra internacional. Quatro municípios cearenses (Sobral, Maracanaú, Russas e Aracati) e dois do Rio Grande do Norte (Guamaré e Santa Cruz) tiveram suas experiências selecionadas. O escritório do UNICEF para os estados do Ceará, Rio Grande do Norte e Piauí parabeniza a todos os participantes e convida os municípios que ainda não realizaram a Semana do Bebê que vivam essa experiência rica a favor da primeira infância. 

Mais informações podem ser obtidas em www.semanadobebe.org.br/

REDE NACIONAL PRIMEIRA INFÂNCIA DEBATE IMPACTOS DA VIOLÊNCIA NO DESENVOLVIMENTO INFANTIL


A Rede Nacional Primeira Infância realizou nos dias 20 e 21 de novembro o colóquio “Violências e seus impactos no desenvolvimento infantil: reflexões históricas e contextuais, fatores de proteção e políticas públicas”. O debate será no auditório do Banco Central em Recife (PE) e as inscrições – gratuitas – podem ser feitas no site da RNPI (www.primeirainfancia.org.br).

O objetivo do Colóquio é fomentar o debate intersetorial sobre as violências, suas múltiplas causas, formas e impactos na primeira infância, enfocando as experiências, ações e políticas públicas voltadas à proteção das crianças e à prevenção da violência contra elas.

O público-alvo foi com gestores e funcionários públicos, organizações da sociedade civil, lideranças comunitárias, Conselhos Tutelares, profissionais que trabalham com crianças, estudantes e pesquisadores/as, adolescentes que trabalham com esse tema.


SEMINÁRIO INFÂNCIA E PAZ ABORDARÁ NEUROCIÊNCIAS E EDUCAÇÃO NA PRIMEIRA INFÂNCIA


A edição 2014 do Seminário Infância e Paz, promovido pelo Senado Federal, abordará este ano o tema “Neurociências e Educação na Primeira Infância: progressos e obstáculos”. O evento, gratuito, será nos dias 25 a 27 de novembro no Senado Federal e no dia 28 de novembro na Universidade Federal Fluminense, no Rio de Janeiro.

A programação – que contará com participantes nacionais e internacionais – bem como abertas as inscrições podem ser feitas no pela internet. Fique atento para não perder essa oportunidade de debater aspectos dessa importante fase da vida – a primeira infância.


Fonte Senado Federal.

NOTICIAS DO SELO:Edital FIA BNB recebe inscrição de projetos até 14 de novembro


O Banco do Nordeste do Brasil (BNB) está com inscrição aberta para a seleção de Fundos Municipais ou Estaduais dos Direitos da Criança e do Adolescente com vistas ao apoio a projetos que visem à promoção, proteção e defesa dos direitos da criança e do adolescente.

O objetivo é promover o desenvolvimento de projetos sociais em sua área de atuação e possibilitar transformações positivas na vida de crianças e adolescentes, contribuindo para a redução da evasão escolar, combate às drogas e melhoria física e intelectual desses jovens, dentre outros benefícios. O edital destinará recursos financeiros aos Fundos geridos pelos Conselhos com a finalidade de beneficiar projetos que estejam em conformidade com as condições e exigências estabelecidas no Edital BNB.

Os projetos sociais devem ser previamente aprovados pelo Conselho Municipal ou Estadual dos Direitos do Criança e do Adolescente, por isso é fundamental que as organizações interessadas entrem em contato com o Conselho respectivo, a fim de obter informações quanto ao recebimento das propostas. Os projetos devem ainda adotar pelo menos uma das seguintes linhas de ação: Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Trabalhador Adolescente; Formação Profissional e Geração de Emprego e Renda para Adolescentes; Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual do público infantojuvenil; ou Desenvolvimento de Programas de Apoio Socioeducativo. O período mínimo de execução é de 8 meses.

Podem participar municípios e localidades da área de atuação do Banco do Nordeste (estados do Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia, norte de Minas Gerais e norte do Espírito Santo).

Os projetos devem ser encaminhamentos através dos Conselhos de Direitos até o dia 14 de novembro de 2014, pelo sistema SEDEX dos Correios, com Aviso de Recebimento (AR), sendo considerada a data da postagem, para a Av. Silas Munguba, 5.700, Etene, Bairro Passaré, CEP 60.743-902, Fortaleza/CE.

Cada Conselho/Fundo poderá encaminhar até 4 (quatro) projetos elaborados com base no roteiro constante do Anexo II do Edital, disponível no site do BNB (www.bnb.gov.br) , podendo ser selecionado apenas 1 (um) projeto por entidade executora.

O resultado da seleção será publicado na página do BNB na internet (www.bnb.gov.br) até o dia 15 de dezembro de 2014.

Esclarecimentos acerca do conteúdo do Edital deverão ser obtidos exclusivamente por meio do telefone (85) 3299-3572 ou do email relacionamento@bnb.gov.br. O edital está disponível na íntegra no seguinte endereço:https://www.bnb.gov.br/content/aplicacao/eventos/fia/docs/edital_BNB_FIA2014.pdf 

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

GUAMARÉ GANHA PLACA DE RECONHECIMENTO DO UNICEF. ‏

“Guamaré é reconhecida pelo UNICEF como uma das melhores práticas na realização da semana do bebê”.

Nos dias 18 a 20 aconteceu a II amostra internacional das semanas do bebê, onde Guamaré foi reconhecida internacionalmente pelo UNICEF, na prática exitosa da realização da semana do bebê.

O prefeito e a equipe que compõe a rede de proteção às crianças, assistência social, saúde, educação e esportes vivenciaram trocas de experiências juntos aos 12 (doze) municípios selecionados, como também demais países que realizaram a semana do bebê.


A semana do bebê em nosso município é instituída pela lei 609/2013 em que integra. Todas as políticas públicas para a primeira infância, prioridade e meta do governo da atual gestão. Por assumir o compromisso na conquista do selo UNICEF, o prefeito Hélio, esteve presente no três dias do evento, participando das oficinas concedendo entrevistas, dialogando com os consultores do UNICEF e representantes dos municípios presentes.

No encerramento do evento, o prefeito recebeu do UNICEF uma placa de reconhecimento pela realização de uma das melhores práticas da semana do bebê realizada no país.

Em seu pronunciamento logo após receber a placa de reconhecimento,  o prefeito Hélio disse que “Pra mim,  é com muito entusiasmo e honra que venho representar meu município em Belém do Pará, na II amostra internacional, pois dentre os 50 municípios que se inscreveram, Guamaré foi classificado entre os 12. E isso significa dizer que estamos no caminho da promoção e direito às nossas crianças. A primeira infância do nosso município. Dedicar-me ao planejamento da semana do bebê, sem deixar de cumprir minhas atribuições profissionais, tenho  a sensação de dever cumprido. É muito gratificante! A lição que fica é que sempre haverá algo que possamos fazer pela nossa comunidade. Que inclusive, quero  destacar a sua participação e apoio na luta. Diria que foi o fator principal para o sucesso da iniciativa.   

 Nesse momento, quero agradecer a Deus q nos ilumina dando a força e o direcionamento para tudo e sobretudo fazer sempre o melhor para o nosso povo. E também agradecer  a secretária de assistência social Marisa Rodrigues pela sua dedicação constante as ações na nossa cidade, parabeniza-la pela belíssima apresentação da experiência na semana do bebê e agradecer a toda a sua equipe da assistência Social, juntamente com todos  q compõe a rede de proteção para primeira infância do nosso município, aos secretários municipais  de Educação, Saúde e esportes e  à todos q que se integraram na realização da semana do bebê. Foi essa parceria q levou o evento ao sucesso! Enquanto a proposta do UNICEF pela realização das semanas do bebê dos outros municípios, me trouxe um olhar diferente para as políticas públicas principalmente a primeira infância e ao adolescente em que me apaixonei,  e até me emocionei participando ativamente dos  fóruns nos debates, e conhecendo de perto a realidade das crianças. Assim reintero meu compromisso nos próximos dois anos de governo como prioridade a mesma dedicação para conquista do selo UNICEF.
Dedico esta placa de reconhecimento pelo UNICEF à todos os cidadãos de Guamaré, e em especial as crianças e aos adolescentes.
E dizer que em nome ao cuidado e desenvolvimento infantil do nosso município, convido a todos para JUNTOS, garantir uma vida melhor para nossas crianças. PARABÉNS  GUAMARÉ!

MOBILIZAÇÃO DO DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA EM GUAMARÉ E BAIXA DO MEIO

Tema: Por uma infância sem racismo

Ocorreu no dia 20 de Novembro do ano em curso em Guamaré/sede e no distrito de Baixa do Meio nos horários matutino e vespertino, visitas nas escolas, objetivando fazer à mobilização e sensibilização sobre o Dia da Consciência Negra, cujo tema: Por uma infância sem racismo.


Esta ação foi coordenada pela secretaria de Assistência Social, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, através dos adolescentes do grupo do Núcleo de Participação e Desenvolvimento dos Adolescentes-NUCA, juntamente com as Equipes técnicas dos Centros de Referência da Assistência Social – CRAS/Baixa do Meio e CRAS/ Guamaré, em Baixa do Meio ficou a frente da ação o Professor Adecio de Gois, e em Guamaré a Coordenadora do CRAS – Mércia e a parceria da secretaria de Educação para a realização desta campanha.


Na oportunidade, puderam contar com total apoio dos professores, coordenadores, secretários e demais funcionário das escolas (Centro de Educação Infantil Maria do Socorro de Melo,



Escola Estadual Nádia Maria Câmara e Escola Municipal Sebastiana Ricardo)



(Escola José Silvino de Oliveira, Escola Benvinda Nunes Teixeira, Centro Infantil Olindina Vieira de Melo e Escola Francisca Freire) assim, realizando uma mobilização e conscientização com as crianças das instituições visitadas.


Na ocasião, técnica de referência do CRAS/Baixa do Meio (Rosane Vicente e Professor Adecio de Gois), fez uma explanação da importância do DIA, com breve história, nos aspectos políticos, sociais e religiosos de nosso país. Ressaltando ainda, que é um dia que devemos comemorar nas escolas, nos espaços culturais e em outros locais, valorizando a inclusão em todos os aspectos a cultura afro-brasileira, porém, de forma clara com brincadeiras, perguntas e respostas, levando para o lado lúdico das crianças, assim obtendo maior compreensão por parte deles.


Em sequencia, teve apresentações culturais como capoeiras e pinturas simbolizando Paz, Amor, Harmonia, Respeito nas camisetas que foram dadas aos professores e diretores de cada escola.  


Contudo, esta campanha esta dentro do cronograma do selo Unicef no município, pois Guamaré esta concorrendo ao selo Unicef edição de 2013 - 2016, e o município está seguindo a risca toda a sequência das ações antes planejadas pela a articuladora - Marisa Rodrigues, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente - CMDCA e as comissões técnicas e intersetoriais envolvidas. 


sendo finalizada a mobilização com interação e comprometimento de todos envolvidos de forma direta e indireta não só no âmbito escolar do município de Guamaré, mais o compromisso de toda a comunidade. A ação contabilizou mais 133 pessoas que prestigiaram este evento.


quarta-feira, 19 de novembro de 2014

ESCOLAS REALIZAM A IV FEIRA CULTURAL DO ENSINO INFANTIL DE GUAMARÉ

O pool de Escolas que compõem o Ensino Infantil na zona urbana e rural do município de Guamaré 


reuniu-se na tarde desta quarta-feira (19) no Clube Municipal Vicente Brito de Miranda para realizarem a IV Feira Cultural do Ensino Infantil.


O evento contou com a participação de pais e professores das escolas envolvidas no evento, a 4ª FEIRA CULTURAL, teve como tema “A criança e a diversidade”.


Fonte: guamarénews

DEFESA CIVIL DE GUAMARÉ REALIZA INSTRUÇÃO EDUCATIVA NO COMBATE A PRINCIPIO DE INCÊNDIO NA ESCOLA OLINDINA CÂMARA.


A Coordenadoria de Defesa Civil do município de Guamaré realizou no (Centro de Educação infantil Olindina Vieira da Câmara), treinamento de combate a principio de incêndio com orientações teóricas e práticas sobre os procedimentos e instruções de como utilizar os extintores de incêndio adequadamente.

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL, CONSELHO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE, ATRAVÉS DO NUCA REALIZARÃO A CAMPANHA "POR UMA INFÂNCIA SEM RACISMO" EM GUAMARÉ

A prefeitura municipal, secretaria de assistência social, conselho municipal dos direitos da criança e do adolescente -CMDCA, e o NUCA,  na busca pelo SELO UNICEF -edição 2013-2016 realizará mais uma ação neste dia 20 de Novembro, dia da consciência negra. Os adolescentes do NUCA(Núcleo de cidadania adolescente) irão realizar ações simultâneas  em Guamaré e em Baixa do Meio. Campanha"Por Uma Infância Sem Racismo"

Seria possível uma infância sem racismo?

Seria possível termos todas as crianças de até 1 ano de idade sobrevivendo?
Seria possível um Brasil com todas as crianças – sem faltar nenhuma delas – tendo seu nome de família assegurado no registro civil de nascimento?
Seria possível termos todas as crianças – sem faltar nenhuma delas – com acesso a educação integral?
Seria possível termos todas as crianças livres dos efeitos da discriminação racial?
Depende de nós!
A discriminação racial persiste no cotidiano das crianças brasileiras e se reflete nos números da desigualdade entre negros, indígenas e brancos.
Com a campanha Por uma infância sem racismo, o UNICEF e seus parceiros fazem um alerta à sociedade sobre os impactos do racismo na infância e adolescência e a necessidade de uma mobilização social que assegure o respeito e a igualdade étnico-racial desde a infância.
Programação: 
Baixa do Meio
07:30h- Pit stop nas escolas 
Escolas: Sebastiana Ricardo - Centro Infantil Maria do Socorro - Escola Estadual Nádia Câmara
- Se desligue do preconceito em 10 passos (folder da Unicef);
- Apresentação de roda de capoeira;
- Apresentação de musicas afro;
PINTURA AFROS EM CAMISAS 
08:00h - Blitz " por uma infância sem racismo, entre e defenda essa causa"
local: Rodoviária de BAIXA DO MEIO
Guamaré
Programação: 
13:30h- Pit stop nas escolas 
Escolas: Centro Infantil Olindina - José Silvino - Francisca Freire - Benvinda
- Se desligue do preconceito em 10 passos (folder da Unicef);
- Pintura nos rosto das crianças afro; 
PINTURA AFROS EM CAMISAS 
15:00h - Blitz " por uma infância sem racismo, entre e defenda essa causa"
local: Frente da secretaria de obras

Dez maneiras de contribuir para uma infância sem racismo


1. Eduque as crianças para o respeito à diferença. Ela está nos tipos de brinquedos, nas línguas faladas, nos vários costumes entre os amigos e pessoas de diferentes culturas, raças e etnias. As diferenças enriquecem nosso conhecimento.
2. Textos, histórias, olhares, piadas e expressões podem ser estigmatizantes com outras crianças, culturas e tradições. Indigne-se e esteja alerta se isso acontecer – contextualize e sensibilize!
3. Não classifique o outro pela cor da pele; o essencial você ainda não viu. Lembre-se: racismo é crime.
4. Se seu filho ou filha foi discriminado, abrace-o, apoie-o. Mostre-lhe que a diferença entre as pessoas é legal e que cada um pode usufruir de seus direitos igualmente. Toda criança tem o direito de crescer sem ser discriminada.
5. Não deixe de denunciar. Em todos os casos de discriminação, você deve buscar defesa no conselho tutelar, nas ouvidorias dos serviços públicos, na OAB e nas delegacias de proteção à infância e adolescência. A discriminação é uma violação de direitos.
6. Proporcione e estimule a convivência de crianças de diferentes raças e etnias nas brincadeiras, nas salas de aula, em casa ou em qualquer outro lugar.
7. Valorize e incentive o comportamento respeitoso e sem preconceito em relação à diversidade étnico-racial.
8. Muitas empresas estão revendo sua política de seleção e de pessoal com base na multiculturalidade e na igualdade racial. Procure saber se o local onde você trabalha participa também dessa agenda. Se não, fale disso com seus colegas e supervisores.
9. Órgãos públicos de saúde e de assistência social estão trabalhando com rotinas de atendimento sem discriminação para famílias indígenas e negras. Você pode cobrar essa postura dos serviços de saúde e sociais da sua cidade. Valorize as iniciativas nesse sentido.
10. As escolas são grandes espaços de aprendizagem. Em muitas, as crianças e os adolescentes estão aprendendo sobre a história e a cultura dos povos indígenas e da população negra; e como enfrentar o racismo. Ajude a escola de seus filhos a também adotar essa postura.