segunda-feira, 23 de novembro de 2015

A SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DE GUAMARÉ REALIZA A SEMANA DE MOBILIZAÇÃO E DIVULGAÇÃO DO SERVIÇO DE FAMÍLIA ACOLHEDORA

 Guamaré/RN

A partir do dia 24 até 26 de novembro a Secretaria Municipal de Assistência Social/SEMAS, promoverá por meio da Coordenadoria de Proteção Social de Alta Complexidade a etapa de mobilização do Serviço de Família Acolhedora, cujo objetivo é divulgar a população em geral o Serviço de acolhimento familiar, o qual está sendo implantado neste município, e ainda, intensificar a captação de famílias e parceiros, envolvendo todos os atores sociais para impulsionar o início efetivo do Serviço de acolhimento em Família Acolhedora em Guamaré.

O Serviço de Família Acolhedora é um Serviço socioassistencial que organiza o acolhimento de crianças e adolescentes, afastadas da convivência familiar por medida de proteção em residências de famílias acolhedoras previamente cadastradas. Este referido serviço de acolhimento familiar apresenta-se como uma alternativa mais humanizada para resguardar crianças e adolescentes afastados temporariamente do convívio familiar.

Para mais informações, os interessados podem procurar a sede do Serviço de Família Acolhedora no município, localizada na Rua Monsenhor José Tibúrcio, nº37, Centro. Segue abaixo a programação:

   Terça Feira
          24/11
      Ação: Momento de Sensibilização no Ambulatório do Hospital
Local: Hospital Manoel Lucas de Miranda
  Horário: 09:00 horas

      Ação: Momento de Sensibilização em Unidade de Saúde
 Local: Unidade de Pronto Atendimento – UPA – Baixa do Meio
  Horário: 15:30 horas

 Ação: Roda de Conversa com a Pastoral da Criança e da Família
para explanação do serviço
  Local: Sede da Alta Complexidade
  Horário: 19:30 horas  
  Quarta Feira
         25/11
Ação: Momento de Sensibilização na Unidade de Saúde
Local: ESF 2 – Guamaré
Horário: 08:30 horas

Ação: Exposição na Rádio sobre o que é o Serviço de Família Acolhedora
Local: Rádio Comunitária de Guamaré
Horário: 10:30 horas

Ação: Divulgação e Panfletagem acerca do Serviço Família Acolhedora.
Local: Ruas, comércio e instituições - Guamaré
Horário: 15:00 horas
  Quinta Feira
         26/11
Ação: Momento de Sensibilização na Unidade de Saúde
Local: ESF 1 – Guamaré
Horário: 08:30  horas

      Ação: Momento de Sensibilização e divulgação no Hospital
Local: Hospital Manoel Lucas de Miranda
  Horário: 10:00 horas

 Ação: Divulgação e Panfletagem acerca do Serviço Família Acolhedora.
Local: Ruas, comércio e instituições – Baixa do Meio
Horário: 15:00 horas
 


quinta-feira, 19 de novembro de 2015

A SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL ATRAVÉS DO NUCA, REALIZA CAMPANHA DE COMBATE AO RACISMO.

 Por uma infância sem
A Secretaria Municipal de Assistência Social e o Núcleo de Cidadania dos Adolescentes realizará neste dia 19 de novembro, a Campanha por uma Infância sem Racismo.

A campanha Por uma Infância sem Racismo vem de uma iniciativa do UNICEF e seus parceiros em fazer um alerta à sociedade sobre os impactos do racismo na infância e adolescência e a necessidade de uma mobilização social que assegure o respeito e a igualdade étnico-racial desde a infância.

O NUCA Fará um cortejo com saída dos CRAS as escolas do município listadas abaixo, o cortejo contará com a participação do Grupo Batuque do Mangue – ASPAM e um Grupo de Capoeira. Em cada escola acontecerá um ato de 20 minutos onde terá a apresentação do grupo de capoeira e dos trabalhos realizados pelos grupos de crianças e adolescentes dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos dos CRAS.

CORTEJO DA CARAVANA DE COMBATE AO RACISMO

DATA: 19 de novembro de 2015
HORÁRIO: Baixa do Meio as 07h30min e Guamaré as 14h00min
LOCAL: Concentração e saída CRAS
PERCURSO:
·         Baixa do Meio – Saindo do CRAS em direção:

ESCOLA
HORÁRIO PREVISTO
Escola Jessé Pinto Freire
08h00min
Centro de Educação Infantil Maria do Socorro
08h40min
Escola Nádia Maria Câmara
09h20min
Escola Maria Madalena da Silva – (Quadra)
10h00min

·         Guamaré - Saindo do CRAS em direção:

ESCOLA
HORÁRIO PREVISTO
Escola Infantil José Silvino de Oliveira
15h00min
Escola Municipal Francisca Freire
15h40min
Escola Monsenhor Joaquim Honório
16h20min
Escola Maria Madalena da Silva – (Quadra)
17h00min


sexta-feira, 13 de novembro de 2015

PROGRAMA “A CRIANÇA NA ESCOLA E NA SALA DE AULA” LEVA OS ALUNOS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO AO MUNDO DA LEITURA.

Em mais uma iniciativa da prefeitura de Guamaré, por meios da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, estamos levando o mundo da leitura aos alunos da rede municipal de ensino, através do Programa “A Criança Na Escola e Na Sala De Aula”.

O Programa A Criança Na Escola e Na Sala De Aula, foi implantando em outubro deste ano, durante o evento “Cidade emancipada, cidade leitora”, e tem como objetivo levar o conhecimento a todos os alunos matriculados da rede municipal de ensino até 7º ano, através da leitura de livros paradidáticos de histórias, contos e experiências.


O Cidadão Alcimar Alves, pai da pequena Naury, estudante do 1º ano da Escola Antônio Theodorico, localizada na comunidade de Salina da Cruz, disse se sentir muito feliz com iniciativa. “Para minha filha Naury, nesses dias que ela está adorando o mundo da leitura, não poderia ter acontecido nada melhor: ter recebido da escola 60 livros de diversos títulos do Programa A Criança na Escola e na Sala de Aula”.

“Em minha opinião é realmente uma iniciativa muito importante para o incentivo da leitura dos nossos filhos”, disse Alcimar Alves. O programa “A Criança na Escola e na Sala de Aula”, foi implantado com recursos próprios do município, mostrando que a gestão do prefeito Hélio Miranda, tem apoiado todas as formas de iniciativas em prol da educação.

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

GUAMARÉ APRESENTA EM SÃO PAULO O PLANO DE ATENDIMENTO NA PRIMEIRA INFÂNCIA – PAPI

A secretária de Assistência Social Marisa Rodrigues participou essa semana nos dias 11 a 13, no INSPER – Instituto de Ensino e Pesquisa no estado de São Paulo do II Módulo do curso de Programa de Liderança para a Primeira Infância, coordenado pelo Núcleo Ciência Pela Infância - NCPI com extensão da Universidade de Harvard, com a presença de consultores, assessores, da universidade de Havard, dos ministérios da Educação, Saúde, governo do Estado de São Paulo, Secretária de assistência Social da cidade de São Paulo Luciana Temer, secretária Nacional de Assistência Social, Ieda Castro, senador José Medeiros, deputados federais, Marcos Brito, Maria Veronese, Sheridan Anchieta e Bruna Furlan.


A secretária, além de participar do debate sobre o Desenvolvimento na Primeira Infância no Brasil: Evidências e Desafios, também apresentou o Plano de Atendimento na Primeira Infância – PAPI, que consiste em garantir o atendimento e o acompanhamento do desenvolvimento integral da criança desde o período de gestação até os três anos de idade na rede local e ampliada no município de Guamaré/RN.


Essa iniciativa foi estruturada a partir da realização das semanas do Bebê e do Plano para a Primeira Infância que aponta dados de indicadores com relação a infância que precisam mais efetivamente das ações compartilhada do governo, famílias, sociedade e rede de garantia de direitos.


Segundo a secretária Marisa Rodrigues, priorizar a criança e ao adolescente é uma das metas do nosso Prefeito Hélio e esse plano sem dúvida estará contribuindo de forma ampla atender, acompanhar e monitorar o desenvolvimento do bebê do seu potencial com enfoque nas bases estruturais nos seus primeiros três anos de vida, na capacidade para o aprendizado, iniciação social, formação de vínculos afetivos e vivências emocionais.

terça-feira, 3 de novembro de 2015

MUNICÍPIO DE GUAMARÉ SE DESTACA NA GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA.

O Programa Bolsa Família (PBF), criado em outubro de 2003, é um programa de transferência direta de renda com condicionalidades, voltado para famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza. O Programa é atualmente uma das mais importantes ações de proteção social brasileira e responsável por tirar mais de 33 milhões de brasileiros da pobreza absoluta. De acordo com o Decreto nº 6.917, de 30/07/2009, o critério para entrar no Programa Bolsa Família é renda percapta de até R$ 154,00 percapta. Já as famílias situadas na linha da extrema pobreza até R$ 77,00 percapta. E tem como objetivo de combater a fome e a miséria, e promover a emancipação das famílias em situação de maior pobreza no país.

Família contemplada pelo PBF no mês de outubro de 2015
Ao entrar no Programa, a família se compromete a cumprir as condicionalidades do Bolsa Família nas áreas da saúde, educação e assistência social, que são: manter as crianças e adolescentes em idade escolar frequentando a escola; está em dia com o calendário de vacinação para as crianças de 0 a 6 anos, e a agenda pré e pós-natal para as gestantes e mães em amamentação e manter os dados no cadastro único atualizado. Para as famílias que descumprirem as condicionalidades o benefício do Bolsa Família pode ser bloqueado, suspenso ou cancelado. Para que isso não ocorra é preciso que a família cumpra as condicionalidades.

No município de Guamaré, acompanhar as famílias do Programa Bolsa Família, principalmente as famílias que descumprem as condicionalidades, é levado muito a sério, pois 96,84 % das crianças e jovens de 6 a 17 anos do Bolsa Família têm acompanhamento de frequência escolar, quando a média nacional é de 91,67 %. Mesmo acima da média nacional, o município busca sempre melhorar a intersetorialidade com a Secretaria Municipal de Educação.

Na área da saúde, o acompanhamento chega a 97,55% das famílias com perfil, ou seja, aquelas com crianças de até 7 anos e/ou com gestantes, quando a média nacional é de 75,25%. Para a Coordenação do Programa no município, este percentual representa a boa parceria com a Secretaria Municipal de Saúde e o trabalho desenvolvido principalmente pelos agentes de saúde.

 Família contemplada pelo PBF no mês de outubro de 2015
Além do trabalho de acompanhamento das condicionalidades, as técnicas do Centro Referência de Assistência Social (CRAS), têm se empenhado realizando reuniões mensais, com palestras de interesse dos beneficiários, principalmente quanto à necessidade de realizar a atualização cadastral de 02 em 02 anos, ou quando tiver alterações na renda, endereço, aumentar ou diminuir integrantes da família. O percentual de cadastros atualizados no município de Guamaré hoje é de 87%, mas poderia ser mais alto, se as famílias ao mudar de endereço, ou a cada 02 anos, procurassem o Cadastro Único.

No município de Guamaré existem mais de 800 famílias que estão na fila de espera por benefícios do governo federal e como forma de melhorar a gestão do programa a Coordenação do Programa do Bolsa Família e Cadastro único criou uma estratégia de varredura no sistema V7, realizando a saber;

ü  Exclusões de famílias que há mais de 48 meses não atualizavam seus cadastros.
ü  Baixou-se lista dos desatualizados e junto com as assistentes sociais dos CRAS foi feito um mutirão de visitas convencendo as famílias a fazerem o desligamento voluntário.
ü  Foi anexados comunicados nos CRAS e órgãos públicos
ü  Pôs avisos nos blogs convidando as famílias para fazerem atualização cadastral.
ü  Realização de reuniões técnicas com a coordenação do PBF das áreas da Educação e Saúde e também com a equipe do Bolsa e Cadúnico de Guamaré/Sede e Baixa do Meio/Distrito.

Famílias contempladas pelo PBF nos meses de setembro e outubro de 2015
Para a Secretária Marisa Rodrigues, tudo se resume na intersetorialidade que está funcionando, graças à boa gestão que juntamente as Secretarias Municipais de Educação e Saúde, fazem de forma brilhante este acompanhamento das condicionalidades.

Segundo a Coordenadora Municipal do Programa Bolsa Família (PBF),  Com o trabalho desta gestão, também está tendo resultados quanto a rotatividade de beneficiários no PBF, pois as famílias ao superaram a condição per-capita de renda estabelecida pelo programa, estão deixando o PBF e abrindo oportunidades para novas famílias que estão dentro das condições estabelecidas.

No último mês de setembro e outubro de 2015, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome (MDS), Concedeu cerca de 150 benefícios para as famílias (que muitas delas já faziam mais de 3 anos que estavam na fila aguardando benefício do bolsa) de Guamaré, muitos dos que foram contemplados, já não se encontram mais no perfil para o programa e tem um caso de um já falecido.

A equipe do Bolsa está fazendo todas as visitas domiciliares, para garantir que os benefícios que agora foram concedidos fique com as famílias que realmente estão dentro dos critérios exigidos pelo o Programa.

Para saber mais informações sobre o Programa Bolsa Família, basta acessar:
Fonte: www.mds.gov.br