quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Fundação ABRINQ realiza oficina do PMIA em Guamaré.


Aconteceu nesta terça-feira (14/08), a Oficina do Plano Municipal da Infância e Adolescência – PMIA, que objetivou fornecer bases metodológicas para construção do Plano Municipal da Infância e Adolescência de Guamaré. O evento contou com as presenças da Secretária Municipal de Educação, Cinthya Katterinny, da Secretária de Esporte e Lazer, Larisa Pereira, e da Secretária de Assistência Social, Marisa Rodrigues, além de técnicos da Saúde, representantes do NUCA, do Conselho Tutelar, Conselho de Direitos da Criança e do adolescente e com a equipe técnica parceira da Fundação Abrinq.




A Secretária Marisa Rodrigues fez a abertura, apontando o momento como precioso para validar o que temos construído em termos de política para infância e adolescência. Ela declarou que a intenção deste momento é apropriar-se das diretrizes do PMIA para construção do nosso município o Plano Municipal Decenal dos Direitos da Criança e do Adolescente, uma vez que políticas públicas devem ser pensadas para o futuro, informando que a legislação de Guamaré está avançada neste sentido, sendo a estruturação nosso maior desafio atual.



Carlos Delcídio, representante da Fundação ABRINQ no Rio Grande do Norte, declarou que Guamaré é um dos poucos municípios brasileiros que mantém um Conselho de Direito articulado e atuante, e um Conselho Tutelar afinado na defesa de direitos. Sobre a construção do Plano, ele disse querer desviar um pouco da metodologia padrão, e trabalhar mais especificamente na discussão dos problemas. O principal objetivo é lidar com questões históricas, culturais e estruturais do município, sendo a proposta do PMIA uma sugestão metodológica dada pela Fundação ABRINQ para construção do Plano Decenal. Como resultado, pretende-se alcançar o compromisso da Rede de Proteção para dispor os próximos dez anos de políticas públicas para a criança e ao adolescente.



No final da manhã, o Prefeito Hélio Willamy se fez presente para reafirmar o compromisso de sua gestão no melhor interesse da criança e do adolescente de Guamaré. Seu objetivo é assegurar não somente o legado enquanto gestor, mas principalmente a continuidade dessas políticas. “É fácil construir uma casa”, disse o Prefeito, “difícil é cuidar do ser humano, principalmente da criança e do adolescente”, e enfatizou que mantém constate diálogo com seus Secretários sobre a questão orçamentária, pois não enxerga o dispêndio em políticas como Educação, Saúde e Assistência Social como despesas, mas como investimento no que Guamaré tem de mais precioso, sua população.


A Presidente do CMDCA, Lucila Tibúrcio, agradeceu a presença do Prefeito, dos técnicos e dos Secretários, e chamou todos à luta por dias melhores e a trabalhar com o coração.



O adolescente Deivid, membro do NUCA e representante do município no CPA (Comitê de Participação de Adolescentes), agradeceu pessoalmente ao Prefeito pela oportunidade de participação e o espaço concedido aos adolescentes no município.



Rannia Lorena, outra adolescente representante do NUCA, relatou ao Prefeito e demais presentes que, em sua formação no CEDECA Casa Renascer, todos se surpreendem com a estruturação das políticas públicas e a promoção de direitos, que hoje tem orgulho de Guamaré, por ter uma administração séria e comprometida com a criança e o adolescente.



Carlos finalizou dizendo que concordava com a fala do Prefeito – de planejar para o futuro – e disse estar impressionado com as práticas do município, que estão acima da média brasileira. E que os próximos passos do PMIA será a sistematização e apreciação e aprovação pelo Conselho de Direito












quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude promoverá Ciclo de palestras SuperAção.


As inscrições para o Ciclo de palestras SuperAção se encerram hoje dia 01 de agosto, o objetivo é desenvolver o esporte, seguro inclusivo e participativo, a inscrição é gratuita e vai até as 17:00hs.
Maiores informações: secesportepmg@gmail.com


terça-feira, 31 de julho de 2018

Conselho de Direitos da Criança e Adolescente de Guamaré elege diretoria para – Biênio 2018-2020


Aconteceu na 62ª Reunião Ordinária do CMDCA no mês de Junho do corrente ano, a escolha dos novos presidente e vice-presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. O CMDCA, conselho vinculado à Secretaria Municipal de Assistência Social, com representação paritária, governo e sociedade civil responsável pelo controle social das políticas públicas voltadas para as crianças e adolescentes.
 Como ocorre a cada biênio, a presidência alterna entre os representantes do Governo e da Sociedade Civil. Lucila Tibúrcio, representante titular da Pastoral da Criança de Guamaré, está agora à frente dos trabalhos do Conselho como Presidente, e Gabriela Beserra, representante titular da Secretaria Municipal de Saúde, está no cargo da vice-presidência.
Lucila Tibúrcio (centro) tomando posse como Conselheira no dia 20 de junho

Ao assumir o cargo diretivo, Lucila classificou o CMDCA como o Conselho mais dinâmico de Guamaré, com diversas atribuições e uma grande agenda de trabalho. Em sua fala, se diz honrada pelo novo desafio, esperando contar com o apoio dos demais Conselheiros. A Secretária Marisa Rodrigues, Presidente no último biênio e ainda representante da pasta de Assistência Social, disse que o CMDCA sempre terá apoio da gestão para executar magistralmente seu trabalho e que o conselho será conduzido por duas ilustres conselheiras com experiências na área do controle social.
O CMDCA, ainda esse ano terá importantes pautas para deliberar, como no ano de 2019 estará coordenando a Eleição dos novos membros do Conselho Tutelar.
Gabriela Beserra (direita), representante titular da Secretaria Municipal de Saúde no CMDCA e atual vice-presidente.

quarta-feira, 25 de julho de 2018

Guamaré promove entrega de certificação do Serviço de Família Acolhedora na Comarca de Macau


Aconteceu na manhã desta uma terça-feira, (24/07), em ato realizado no Salão do Tribunal do Júri – Fórum Municipal Dr. Emídio Avelino em Macau, a solenidade de apresentação do Projeto Abrace Vidas – Família Acolhedora e a Certificação das famílias cadastradas do município de Guamaré.



A iniciativa da Prefeitura Municipal de Guamaré, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, modalidade de acolhimento Familiar que faz parte dos serviços de proteção social especial de alta complexidade integrante do Sistema Único de Assistência Social – SUAS.



O serviço em Família Acolhedora organiza o acolhimento de crianças e adolescentes, afastados da família através de medida protetiva ( ECA, Art.101), apresenta-se como uma alternativa mais humanizada para resguardar crianças e adolescente afastados temporariamente do convívio familiar.



Na abertura da solenidade a Dra Cristiany Maria de Vasconcelos Batista, Juíza de Direito da Comarca de Macau, ressaltou a importância deste serviço da Família Acolhedora para a Comarca, como forma de evitar a institucionalização, como também destacou o empenho da equipe da assistência social de Guamaré para efetivar os serviços com compromisso e de forma eficiente.



Dra. Sandra Angélica Pereira Santiago, Promotora de Justiça e Coordenadora do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Infância, Juventude e Família (CAOPIJF), fez uma breve apresentação acerca da Campanha Abrace Vidas que visa fomentar junto aos municípios do RN a implantação do Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora. Ressaltou que durante todo o processo o município de Guamaré realizou todas as etapas para implantação deste serviço, frisando “Guamaré tem sido um Município exitoso em está implantado de fato o serviço”, parabenizando assim, a gestão municipal pela adesão vislumbrando as vantagens em ter este serviço no Município.  Parabenizou também, a equipe técnica pelo empenho e esforço durante todo o processo de implantação, dando ênfase em ser uma equipe de excelência  e ainda às famílias cadastradas por este gesto.



A secretária de Assistência Social Marisa Rodrigues, expôs  a trajetória de implantação do serviço da Família Acolhedora em Guamaré, apresentando todas as etapas percorridas até chegar  a formalização do serviço à comarca de Macau. Acrescentou que a gestão tem procurado ofertar o melhor a este segmento que encontra-se desassistido, sendo, portanto prioridade ao atendimento a essas demandas.
Em sua fala, a secretaria Marisa faz um destaque especial a Dra. Gerliana Maria Silva Araújo Rocha, Promotora de Justiça, na época coordenadora do CAOPIJF pelo grande incentivo e apoio no início do processo de adesão.
A secretária Marisa externou ainda em sua fala que tem muito orgulho em “Guamaré está entre os três Municípios que implantaram este serviço no Estado do Rio Grande do Norte”, destacando “que por mais que” o acolhimento institucional oferte serviço de qualidade, o melhor para as crianças é está no seio de uma família e sua na convivência.

Na ocasião, o vereador e membro da frente parlamentar da criança e do adolescente, Ednor de Albuquerque parabenizou a  gestão pela iniciativa da adesão a este serviço, frisando a relevância  para o Município e o compromisso da frente parlamentar.
Em sua fala, o Prefeito Hélio Willamy, destacou a importância deste momento para Guamaré, reiterando o compromisso da gestão de contribuir para um futuro melhor para as crianças e adolescentes do seu Município, sempre fazendo o melhor para este segmento. Destacou em sua fala, a necessidade de cada gestor cumprir com seu compromisso, procurando ofertar o melhor na esperança de que sucessores venham a dar continuidade a este trabalho que está garantido em lei.
Finalizando o momento, foi realizado a certificação das três famílias capacitadas e cadastradas aptas em Família acolhedora, Suerda Maria Gomes da Silva, Maria Edileuza de Oliveira Cândido e Lucineide Victor dos Santos.








quarta-feira, 11 de julho de 2018

Projeto “Livro na Mão, Bola no Pé” continua formando craques bom de bola em Guamaré.



A Prefeitura Municipal de Guamaré, através da Secretaria de Esporte, lazer e juventude, continua formando campeões, realizando durante a semana jogos amistosos, entre os alunos do projeto “LIVRO NA MÃO, BOLA NO PÉ”, da sede, em Guamaré, e da zona rural, no distrito de Baixa do meio. Os amistosos tem a finalidade de fazer uma triagem dos alunos, entre as crianças e os adolescentes que compõe cada equipe para participar dos campeonatos no RN.
Os técnicos do projeto junto com profissionais da secretaria de saúde verificaram em cada atleta a pressão arterial, o IMC e o HGT, para que cada aluno esteja apto para a prática de atividade física, a avaliação está sendo realizada pré e pós a atividade física, assegurando assim, o bem-estar físico dos alunos que compõem o projeto que a cada dia cresce formando verdadeiros craques da bola.