domingo, 25 de janeiro de 2015

SECRETÁRIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL SE REUNIU COM BENEFICIÁRIOS DO PROGRAMA DO ALUGUEL.

Desde o último dia 08 de janeiro de 2015, entrou em vigor a Lei 647/2015 que dispõe sobre a Política de Assistência social do município de Guamaré.


A Lei 647/2015 traz modificações em alguns programas, dentre eles o Programa do Aluguel que passou para a categoria de benefício eventual, agora denominando Auxílio Moradia. O auxílio moradia, conforme decreto nº 002/2015 que regulamenta este benefício, trará para os beneficiários mais agilidade com relação ao pagamento do aluguel. O beneficiário prestará conta trimestralmente e será acompanhado pelo Centro de Referência de Assistência Social – CRAS.


Nesta semana, a Secretária de Assistência Social, Marisa Rodrigues e a equipe técnica do CRAS, juntamente com subprocurador do município, Dr. Filipe Batista Fontenelle, esteve realizando reuniões com os beneficiários do antigo Programa do Aluguel para explicar as modificações e ao mesmo tempo, tranquilizá-los sobre estas mudanças.

Na tarde da última quarta-feira (21/01), aconteceu a reunião às 16:00 horas no Cras do Distrito de Baixa do Meio com a participação dos beneficiários daquela localidade. Na quinta-feira (22/01) a reunião aconteceu às 14:00 horas no ginásio de esporte de Salina da Cruz, com os beneficiários de Lagoa Seca, Morro do Judas, Quilombo, Ponta de Salina e Salina da Cruz. Na manhã de hoje, sexta-feira (23/01) a reunião aconteceu no Clube da Praia com os beneficiários de Vila Maria e do Centro de Guamaré.
Segundo a Secretária Marisa Rodrigues, as reuniões tiraram as dúvidas e tranquilizaram os beneficiários, pois a mudança desburocratizou o processo de pagamento, pois a partir de agora o valor passa a ser depositado na conta do beneficiário para esse locar o imóvel.
O prefeito Hélio Miranda, tem sido incansável em busca de melhores para todos que são assistidos pela secretaria de assistência social. O prefeito desde que assumiu o mandato em janeiro de 2013 vem mantendo vários programas de assistencialismo, além do pagamento do funcionalismo público, contratos e convênios rigorosamente em dia.


Nenhum comentário:

Postar um comentário