sexta-feira, 14 de outubro de 2016

SOLENIDADE DE ABERTURA DA IV SEMANA DO BEBÊ DE GUAMARÉ.




Na noite desta quinta- feira (06) realizou-se na Câmara Municipal de Guamaré, a Abertura Solene da IV Semana do Bebê, este ano com o tema “Fortalecendo o Atendimento na Primeira Infância”. O evento começou oficialmente com a formação da Mesa de Autoridades, composta pela senhora Marisa Rodrigues, Secretária Municipal de Assistência Social e Articuladora do Selo UNICEF; pela senhora Gabriela Beserra, representando a Secretaria de Saúde; senhora Diana Shirley, representante da Secretaria de Educação e Cultura; pelo senhor Fabrício Morais, representando a pessoa do excelentíssimo Prefeito, senhor Hélio Willamy; Dr. Pedro Avelino, Procurador Geral do município, e por fim, senhora Edna Maria, coordenadora da REPI/RN e especialista em Primeira Infância.





Em seguida, houve a apresentação cultural do Coral Pingo de Gente, regido pelo Professor Wagner, que emocionou o público com as músicas “Minha Canção” e “O Caderno”, clássicos da MPB. 




Após desfeita a Mesa, a senhora Marisa Rodrigues foi chamada ao púlpito para apresentar a Trajetória das Semanas do Bebê em Guamaré, e começou sua fala lembrando o quanto a cidade já havia feito em prol da Primeira Infância nos últimos quatro anos, graças à gestão de um Prefeito que tinha esse olhar especial voltado para os pequenos.




A Secretária também fez questão de agradecer a presença dos técnicos de todas as Secretarias envolvidas, bem como, dos Conselheiros do CMDCA e mencionou a ausência justificável da Secretária Municipal de Esporte, Lazer e Juventude, Larisa Mayara, que estava recebendo um prêmio em Natal graças ao seu trabalho e esforço pelo município. 



Também ressaltou a ausência da Frente Parlamentar da Primeira Infância, mas os vereadores haviam se comprometido em participar posteriormente de outras atividades referentes à IV Semana do Bebê. A apresentação da Trajetória das Semanas do Bebê em Guamaré mostrou a progressão temática dos eventos, que teve na sua primeira edição o tema “O Bebê e o Mundo que o Cerca”, seguida da edição “A Infância que Queremos”, que suscitou num amplo debate com a sociedade guamareense sobre 



como tratar a infância no município. Na segunda edição, o tema “Direito à vida, a proteção, a cuidar e educar. Na terceira edição, o tema “Guamaré cuidando da primeira infância: Responsabilidade de todos: família, estado e sociedade”, no qual gerou maior articulação entre Governo e Sociedade Civil para o cuidado na Primeira Infância, e agora, na sua quarta edição, Guamaré visa o fortalecimento do atendimento às crianças de 0 a 6 anos. Também foi mostrado o processo de Planejamento das Semanas do Bebê, que é feito em conjunto com a Comissão Intersetorial, através da construção de um Projeto e das Mobilizações realizadas em todas as comunidades, que visa envolver o público nas atividades da Semana. A Secretária destacou que a Semana do Bebê é lei municipal (Lei Municipal Nº 609/2013), e que deve acontecer impreterivelmente entre os dias 06 e 12 de outubro, mas lembrou que as ações da Semana do Bebê acontecem o ano inteiro através do trabalho das Secretarias que atendem este público específico. Fez destaque às Oficinas Preparatórias, às reuniões da Comissão Intersetorial, à Mobilização nas comunidades, e pediu uma salva de palmas pelo envolvimento dos profissionais nas atividades realizadas.


Por fim, apresentou a Programação da IV Semana do Bebê, que teve início pela manhã com a visita ao Hospital Municipal pelas gestantes atendidas pelos ESF’s I e II, e à tarde com a Passeata do Bebê e Hasteamento das Bandeiras. Convidou a todos para o Seminário Intersetorial, que tem como objetivo elaborar propostas para intervir nas políticas públicas para Primeira Infância, e destacou o 


reconhecimento internacional dado pelo UNICEF à Guamaré pela realização das Semanas do Bebê, bem como a realização do Seminário Municipal do Marco Legal, que aconteceu em agosto. A Secretária finalizou sua fala ressaltando a corresponsabilidade de todos, principalmente da família, núcleo de desenvolvimento da infância, e deixou uma reflexão a todos sobre os novos arranjos familiares, que a políticas públicas deveriam estar prontas para atender, pois este era um processo de mudança na sociedade e conscientização das pessoas.


Em seguida houve a apresentação da senhora Edna Maria Fernandes, coordenadora da Rede Estadual da Primeira Infância – REPI/RN, que concentrou no subtema da Semana do Bebê, “Família, Agente no Cuidar da Primeira Infância”. Logo de início, ela parabenizou a iniciativa do Prefeito Hélio pela garantia dos direitos da criança na Primeira Infância, e por um dos legados da Semana do Bebê, o Programa de Atendimento à Primeira Infância – PAPI, fruto de um curso realizado na Universidade de Havard pela Secretária Marisa.



Ela começou sua apresentação indagando ao público “o que era Primeira Infância”, após algumas respostas, Edna teceu comentários dizendo que a Primeira Infância era a fase que compreendia do nascimento do bebê até os seis anos completos, não apenas a chamada “idade de creche”, de zero a três anos. Seguiu mostrando a construção histórica da infância no mundo, passando da Idade Média aos dias atuais. Explica que somente no século XVIII surge o conceito de família e amor, e apenas nos dias atuais percebeu-se a importância da Primeira Infância, graças à contribuição da neurociência. 


Ela preconizou que era fundamental garantir o melhor para a criança desde o começo da vida, pois isso garantiria seu pleno desenvolvimento como ser humano. Fez destaque também ao Programa Criança Feliz, lançado esta semana pelo atual governo federal, que visa melhorar o atendimento às crianças de zero a seis anos. Finalizou sua fala ressaltando que Guamaré tinha um efetivo compromisso com a Primeira Infância, e da participação do município na Campanha pela Primeira Infância, onde os candidatos a Prefeito assinaram um termo de compromisso para continuar as políticas públicas para esta fase crucial da vida do ser humano.



O evento encerrou com um coffee break e o convite ao público para participar do Seminário Intersetorial pela Primeira Infância, que apresentará o diagnóstico da Primeira Infância no município e a discussão sobre a criação de uma creche intersetorial e integral.



Nenhum comentário:

Postar um comentário