terça-feira, 29 de abril de 2014

1ª Formação local do Selo para Mobilização e Sensibilização de todos os funcionários das Escolas da Rede Municipal e Estadual de Guamaré.

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura através da sua mobilizadora e integrante da Comissão Intersetorial, a Professora Rita de Cássia A. dos Anjos, iniciou no dia 25 de Março do ano em curso as formações por blocos de escolas do município. As formações tiveram como objetivos SENSIBILIZAR E MOBILIZAR todos os funcionários das escolas para que conheçam o significado do que é SELO UNICEF e seus indicadores, para que seja possível traçar um plano de ação setorial com foco no objetivo 02 do guia desta edição que compete a Secretaria de Educação, em elevar seus índices e assim nosso município chegar a ganhar pela primeira vez o SELO.
As palestras ocorreram de 25 de Março a 10 de Abril, nos seguintes locais: Clube Municipal, Escolas Maria Madalena e Bibiano Xavier e também nos Ginásios de Salina da Cruz, Mangue Seco – I e o ginásio da Escola Maria Madalena/Baixa do Meio. Público presente - Diretores Escolares; Vice-diretores; Professores das Etapas de Ensino Infantil – Anos Iniciais – Anos Finais e Eja e Ensino Médio; Coordenadores pedagógicos; Merendeiras; Secretários e Secretárias Escolares; Porteiros; A.S.G; Inspetores de turno; Responsáveis escolares; Equipe pedagógica do Centro Darcy Ribeiro e Secretaria de Educação;  Escolas Municipais: José Silvino de Oliveira – C.E.I Olindina V. da Câmara Olegário – Profª Francisca Freire de Miranda – Benvinda Nunes Teixeira – Profº Antonio Theodorico – Jesuino V. de Melo - C.E.I Luiza Ferreira – Monsenhor José Tibúrcio – Pedro Guilherme – José Nunes – Felipe Alves – Profº João Batista – Luiz Cândido -  C.E.I Maria do Socorro – Jessé Freire – Sebastiana Ricardo – Francisco Maciel Escola Estadual: Nádia Maria Câmara e Núcleo Municipal de atendimento especializado
As formações aconteceram sempre com a seguinte pauta: Acolhimento com o vídeo de Nelson Mandela; Interação entre escolas; Apresentação da Metodologia do SELO UNICEF; Nosso papel no Selo UNICEF local; Lanche; Construindo estratégias para os indicadores; Apresentação final; Encerramento com o vídeo “Os valores das diferenças”.
A metodologia de selecionar as escolas em blocos facilitou muito o trabalho e a compreensão de todos os presentes, sendo que nosso município tem 19 escolas municipais e 02 do estado e mais um Núcleo de atendimento especializado a crianças com necessidades especiais. Durante a formação foi aberto espaço para que os participantes relatassem algumas experiências com as edições anteriores e o que estavam percebendo de diferente nessa edição, e foi relatado por alguns que a estratégia de primeiro informar os funcionários das escolas, já que são as mesmas que atuarão durante a edição 2013-2016 foi muito plausível, pois se algum membro que estava ali sendo formado for indagado sobre seu papel no selo UNICEF e até mesmo o que significa, eles poderiam responder perfeitamente já que estavam empoderados do lema “Guamaré em Busca do Selo Unicef”.
A informação é uma forma de democratizar o contato e o conhecimento que todo cidadão é digno de possuir, e quando se trata de elaborar e indicar ações que se transformem em políticas publica para nossa sociedade e principalmente para nossas crianças e adolescentes o envolvimento e a sensibilização nos torna em uma unidade. Ao passo que cada parte da pauta foi sendo cumpridos, os participantes iam interagindo mais com a metodologia da formação. Acredito ter ficado bem compreendido o que precisamos fazer para essa conquista, cada instituição presente se envolveu bem durante todos os momentos, sendo cientes de cada passo que temos que dar unidos por essa causa e que os beneficiados de toda a cão são os alunos, percebi nos relatos que o compromisso de cada um será de grande relevância nessa trajetória das ações do selo UNICEF em nosso município. Ainda foram apresentados quais os indicadores que temos que melhorar e criar estratégias, que são eles:

OBJETIVO 02 - Todas as crianças e adolescentes acessando, permanecendo e concluindo a educação básica de qualidade na idade certa, com sucesso na aprendizagem.
IMPACTO SOCIAL 6. Taxa de abandono no EF (por raça, etnia e gênero) – MEC/INEP 7. Distorção idade-série nos anos finais (5º a 9º ano) do EF diurno da rede municipal MEC/INEP 8. % de crianças beneficiadas pelo BPC que estão na escola – MDS/MEC 9. % de escolas da rede pública municipal que atingiram ou ultrapassaram a meta do IDEB, anos iniciais – MEC/INEP
OBJETIVO 2 – AÇÕES ESTRATÉGICAS - POLÍTICAS PÚBLICAS
3. Município implementando programas para a inclusão e permanência de crianças na educação básica 4. Município realizando as 2 etapas da Provinha Brasil nas escolas da rede municipal, com matrícula no 2º ano do EF 5. Município promovendo o acesso à água de qualidade, banheiro (M e F) e cozinha nas escolas.
OBJETIVO 2 – AÇÕES ESTRATÉGICAS - POLÍTICAS PÚBLICAS 6. Município implementando as leis 10.639 e 11.645 nas escolas 7. Município desenvolvendo ações de educação para a convivência com o Semiárido - PARTICIPAÇÃO SOCIAL - 3. Município promovendo ações de mobilização nas escolas em torno da campanha do UNICEF Por uma infância sem racismo.
Após a apresentação dos indicadores, objetivos e das etapas até 2016, todos sentaram por escolas e deram inicio a um plano de ação para sua escola e pensando nas demais, em como faremos para alcançar cada indicador. Ficou acordado que a mobilizadora iria retornar a cada escola e sentar com a equipe gestora para finalizar as estratégias para o plano de ação com base nos indicadores.

Enfim, Consideramos a formação muito produtiva, pois pudemos observar na postura e nos comentários dos presentes o desejo de dizer - Meu Município tem o SELO UNICEF, Meu Município tem políticas publica para nossas crianças e os adolescentes. Foram finalizadas as formações num total de 07 por blocos com um total de 432 participantes.


Nenhum comentário:

Postar um comentário