sexta-feira, 3 de julho de 2015

O TERCEIRO ENCONTRO PREPARATÓRIO OCORREU EM UM AMBIENTE AGRADÁVEL E PROPÍCIO PARA A TROCA DE IDEIAS NA COMUNIDADE DE LAGOA DOCE.

A Prefeitura Municipal de Guamaré, Secretaria Municipal de Assistência Social, através do Conselho Municipal de Assistência Social – CMAS, realizou no dia 01 de Julho de 2015, às 15h00min, na comunidade de Lagoa Doce, juntamente com as comunidades de Mangue Seco I e Mangue Seco II, o Terceiro Encontro Preparatório para a IV Conferência Municipal de Assistência Social, 


que têm por objetivo mobilizar, refletir, propor e eleger Delegados das comunidades que irão votar nas propostas estabelecidas na – VI Conferência Municipal de Assistência Social, a ser realizada no município de Guamaré/RN, nos dias 04 e 05 de Agosto de 2015.


O Terceiro Encontro realizado em Lagoa Doce, no Balneário da respectiva comunidade, contou com a participação de 71 pessoas, entre Técnicos e usuários que são acompanhados pelos Serviços e Programas da Secretaria Municipal de Assistência Social de Guamaré, estando presente e a frente do Encontro, 


a Presidente do Conselho Municipal de Assistência Social – CMAS e Secretária Municipal de Assistência Social, senhora Marisa Rodrigues da Silva, além de outros Conselheiros representantes do Governo, Sociedade Civil, Entidades e Usuários.  


Num ambiente agradável e propício para troca de novas ideias, a Secretária de Assistência Social, Marisa Rodrigues, deu boas-vindas aos participantes e, novamente, explanou sobre a Política de Assistência Social no município, não sem antes referir-se à importância daquele momento, da própria Conferência e das políticas sociais de atendimento à população guamareense.


Ademais, a Secretária explicitou que Guamaré é o único município do estado do Rio Grande do Norte, com exceção de Natal, que possui os três níveis de atendimento no Sistema de Proteção, incluindo a Básica, Média e Alta Complexidade, que estão materializadas nos equipamentos do CRAS, CREAS, Casa de Passagem, entre outros.




O aclamado curta metragem, Vida Maria, não deixa de emocionar e provocar reflexões nos usuários e técnicos da Assistência Social, que, após a exibição do mesmo, se reuniram em pequenos grupos para as elaborações das propostas de acordo com as dimensões que norteiam os subtemas que serão destrinchados durante a Conferência. 


O papel do Serviço Social no município tem surtido efeito na garantia de direitos e na percepção do usuário como cidadão, e isso têm refletido nas propostas e ideias que surgem durante os debates. Entre elas, tivemos a criação de grupos comunitários para fortalecer o controle social, onde governo e sociedade civil trabalhariam juntos em prol da construção de uma sociedade justa e igualitária.  


Após apresentações das propostas baseadas em cada subtema: 1. O Enfrentamento das Situações de Desproteções Sociais e a Cobertura dos Serviços, Programas, Projetos, Benefícios e Transferência de Renda nos Territórios; 


2. O Pacto Federativo e a Consolidação do SUAS; 


3. Fortalecimento da Participação e do Controle Social para Gestão Democrática, ocorreu a eleição de 06 (seis) Delegadas para representar as referidas comunidades durante a VI Conferência Municipal de Assistência Social, Foram elas: 


Maria Miranda de Morais (Lagoa Doce); Edneide do Nascimento Silva (Mangue Seco II); Elaine Cristina da Silva Dantas (Lagoa Doce);  Maria de Fátima Rodrigues de Miranda (Lagoa Doce);  Janecleide de Miranda Lopes (Lagoa Doce);  Ana Cristiane Martins da Silva. 


Por fim, o Encontro novamente fez valer a construção da Política de Assistência Social no município.

Nenhum comentário:

Postar um comentário