segunda-feira, 26 de junho de 2017

15 de junho: Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa com ação e atendimento na Assistência Social de Guamaré.

A PIOR VIOLÊNCIA CONTRA O IDOSO É O SEU SILÊNCIO, FAÇA SUA PARTE… DENUNCIE!!!!



Hoje, dia 15 de junho marca o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, data instituída em 2006, pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa. O objetivo desta data é criar uma consciência mundial, social e política da existência da violência contra a pessoa idosa e, simultaneamente, disseminar a ideia de não aceitá-la como normal. A violência contra os idosos deve ser entendida como uma grave violação aos Direitos Humanos.


A violência contra a pessoa idosa ainda é uma violência camuflada, devida à omissão de denúncias, pois em sua maioria, estes crimes são cometidos pelos parentes próximos ou conhecidos da família do Idoso, sendo esta uma violência ocorrente no seio familiar. Em virtude desta problemática e no sentido de prevenir situações de violação de direitos; a Secretaria Municipal de Assistência Social – SEMAS junto ao Centro de Referência da Assistência Social – CRAS/Centro e Baixa do Meio vêm desenvolvendo ao longo de sua gestão um trabalho preventivo e de qualidade junto aos idosos do município, salientando que o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da Pessoa Idosa – SCFVI tem proporcionado aos Idosos, Pessoas com 60 anos ou mais, um importante espaço de construção para o fortalecimento social e relacional entre os idosos e seus familiares, o que tem contribuído para a melhoria de vida deste seguimento, buscando sempre um processo de envelhecimento saudável, seguro e ativo.


Reuniões do SCFV Idosos – Guamaré e Baixa do Meio

Nos encontros do SCFVI são tratados temas que visam: A qualidade de vida e autonomia do Idoso, informes sobre os direitos, serviços e benefícios para a Pessoa Idosa, Preservação das memorias, Troca de experiências, Fortalecimento da visão dos idosos enquanto cidadãos ativos, prevenção das situações de violação de direitos, dentre outros vinculados as Politicas Sociais de Saúde, Educação e Esportes. Os CRAS e Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da Pessoa Idosa possuem a missão de prevenir as situações de vulnerabilidade e riscos sociais, proporcionando aos Idosos o acesso aos seus direitos, benefícios e serviços àqueles que necessitarem, oferecendo para além do grupo, o Atendimento e Acompanhamento através de uma Equipe Técnica composta por Assistente Social e Psicóloga, como também, fortalecer os vínculos familiares e comunitários deste seguimento. As reuniões dos Grupos da Pessoa Idosa – SCFV, acontecem no CRAS/Centro quinzenalmente as quartas-feiras na Sede do CRAS, e em Baixa do Meio as reuniões acontecem as terças-feiras e quintas-feiras na Sede do SCFV. Como também a Secretaria de Assistência Social mantém as parcerias da Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Juventude, a qual vem desenvolvendo no município o Projeto Vida Saudável, do qual os Idosos acompanhados no SCFV dos CRAS praticam Atividade Física e a Secretaria de Educação na Inclusão Digital.


Inclusão Digital – SCFV Baixa do Meio (Parceria Secretaria Municipal de Educação)

A Assistência Social também presta serviços a pessoa idosa pelo CREAS unidade pública que oferta serviço especializado e continuado a famílias e indivíduos (crianças, adolescentes, jovens, adultos, mulheres e idosos), em situação de ameaça ou violação de direitos. Atualmente temos outra parceria importante com a Secretaria de Saúde, em que são realizadas ações nas unidades de saúde tratando também a temática da violência contra a pessoa idosa. Outro serviço prestado a pessoa idosa na defesa do seu direito é no Núcleo de Assistência Jurídica a população – NAJUP que constitui um serviço jurídico prestado à população que não possa pagar custas processuais e honorários advocatícios, funcionando nas terças e quinta-feira no endereço, travessa nossa senhora da penha nº 06 centro Guamaré/RN. Para o enfrentamento dessas questões, a população tem um papel imprescindível no combate à violência contra a Pessoa Idosa, a denúncia é ainda o meio mais eficaz de prevenir e de punir estes agressores, no município contamos com alguns órgãos que podem ser acionados para que assim seja protegida a integridade física, moral e pessoal deste idoso, que são: Conselho Municipal do Idoso – CMDI, Centro de Referência Especializado da Assistência Social – CREAS, Centro de Referência da Assistência Social – CRAS, Ministério Público, Delegacia Civil e o Disque Direitos Humanos – 100.

Nenhum comentário:

Postar um comentário