quinta-feira, 22 de junho de 2017

Assistência Social de Guamaré/Creas dinamiza programa de atendimento à mulher – PAM.

Na ultima quinta-feira, (08), aconteceu reunião do grupo de mulheres no Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS, unidade estatal de atendimento da proteção social especial da Secretaria de Assistência Social de Guamaré/RN. O acompanhamento do grupo de mulheres faz parte do plano de ação de 2017 que tem objetivo de concretizar o atendimento integral a mulher guamareense, visando ações articuladas do acesso à rede socioassistencial com as demais políticas públicas, buscando o fortalecimento e valorização da mulher e sua família na sociedade, de acordo com as diretrizes do Programa de Atendimento à Mulher (PAM), assim como disposto na Lei Municipal nº 647/2015.

Com participação da equipe técnica do CREAS, Karina Brito (Coordenadora); Cíntia Raquel (Assistente Social); Ingrid Vasconcelos (Advogada); Marília Cleyner (Psicóloga) e usuárias do SUAS acompanhadas pelo serviço, os trabalhos foram desenvolvidos para resgatar o grupo de mulheres já atendidas em anos anteriores. Esse primeiro momento com as mulheres, foi reservado para o levantamento das reais necessidades e assim traçar estratégias que efetivem e fortifiquem os direitos das mesmas.


Aconteceu a apresentação dos técnicos e usuários presentes, como forma de interação com o grupo. Na oportunidade elegeu-se de forma democrática, por votação o nome do grupo, sugeridas pelo público atendido no CREAS intitulado: Mulheres Vitoriosas; Mulheres Guerreiras e Raio de Luz.

Através de dinâmicas de abordagens pela equipe técnica do CREAS foram priorizadas pelas mulheres atendidas temas que serão  discutidas no grupo, das quais sugeriram: Os direitos das mulheres em caso de separação; Bolsa Família; quais são as atribuições do CREAS; trabalho com a rede sociassistencial e demais políticas públicas do município; sexualidade na adolescência; oficinas; São João do Grupo; passeios; drogadição; e explicações sobre o EJA (Educação para Jovens e Adolescentes) pelos quais serão agendadas quinzenalmente, dois encontros por mês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário