segunda-feira, 26 de junho de 2017

ENCONTRO DOS USUÁRIOS DA ASSISTÊNCIA SOCIAL DE GUAMARÉ DISCUTE CIDADANIA E GARANTIA DE DIREITOS.


Os Encontros dos Usuários da Assistência Social – SUAS aconteceu nas noites de segunda-feira (12), na Escola Municipal Antônio Theodorico, em Salina da Cruz e terça-feira (13), no Centro de Capacitação, em Baixa do Meio.

O intuito desses Encontros foi de levar as discussões sobre Cidadania, Democracia e Participação Social ao público atendido pela Assistência Social no distrito e região, e convidá-los para formação permanente do Fórum dos Usuários do SUAS. Além dos beneficiários dos Programas Bolsa Família, Renda Cidadã, Programa Habitacional e Benefício de Prestação Continuada (BPC), o evento contou com a presença dos técnicos da Secretaria Municipal de Assistência, da própria Secretária, Marisa Rodrigues, e foi conduzido pela Presidente do Conselho Municipal de Assistência Social – CMAS, Neide de Souza.

A Secretária Marisa Rodrigues em ambos os encontros fez uma breve apresentação sobre a importância daquele momento, dialogando com a população sobre o momento político que estamos atravessando no país, do desmonte das políticas públicas, e que agora era necessário unir forças para lutarmos pela garantia dos nossos direitos.  Enfatizou ainda que são momentos preparatórios para a Conferência Municipal de Assistência Social, que acontecerá nos dias 11 e 12 de julho.

Após apresentação da Secretária, a Presidente do CMAS, Neide de Souza, realizou uma dinâmica de apresentação com os usuários, um momento de descontração que arrancou sorriso de todos os presentes. Em seguida, foram apresentados dois vídeos lúdicos, o primeiro tratando sobre Direitos Humanos e o segundo sobre Cidadania.

Para conduzir os debates a Secretária Executiva do CMAS, Kelly Pereira, lançou alguns questionamentos sobre direitos com o público presente. Primeiro, ela explicou que o Conselho de Assistência Social era um órgão deliberativo, fiscalizador e propositor das Políticas de Assistência Social no município, sendo importante aquele momento de diálogo com a população. Também explicou que direitos são interdependentes, ou seja, cada direito dependia de alguma forma do outro, e que era dever do cidadão respeitar o direito do outro.


Após, o tema tratado no segundo vídeo foi a Cidadania, classificada como “garantia de direitos e cumprimento de deveres”. A Secretária Executiva perguntou aos usuários como eles exerciam a cidadania, e alguns falaram sobre o respeito ao próximo, aos mais velhos, ao cuidado com as crianças, e ao cuidado com o ambiente. Kelly então destacou que outro ato de cidadania era aquele momento específico, classificado como “participação social”, ou seja, a participação ativa da população no diálogo com os entes públicos.

Após o breve debate, a Presidente do CMAS realizou outra dinâmica no intuito de demonstrar o que a força da união era capaz de realizar. A conclusão geral foi que a união é a força do povo. Aproveitando a deixa, a Presidente do CMAS, Neide, perguntou ao público presente se eles gostariam de se fortalecer ainda mais, se eles gostariam de exercer o papel da cidadania de maneira efetiva, fazendo o convite para criação do Fórum Municipal dos Usuários do SUAS de Guamaré – FMTSUAS-Guamaré/RN. 

Assim, representantes dos beneficiários da Assistência foram até à frente se apresentar aos demais, e todos votaram majoritariamente a favor dos seus representantes. Destacando a fala de uma das representantes Francisca Lúcia Martins ¨Eu por exemplo estou levando uma carga de sabedoria e de aprendizagem, que eu vou levar para meus filhos e netos, estou aprendendo o que é ser uma cidadã".

Finalizadas as escolhas, a Secretária Marisa Rodrigues também agradeceu a presença de todos, dizendo-se encantada com os resultados do debate, e afirmando que a Secretaria Municipal de Assistência Social dará todo suporte necessário para efetivação do Fórum dos Usuários do SUAS, a fim de fortalecer a categoria para qual a Assistência Social atua e trabalha no interesse das suas demandas sociais. 

Encerrando com a seguinte reflexão: “o direito deve ser conquistado por todos nós, e a política pública não se faz com privilégios”.



Nenhum comentário:

Postar um comentário