quarta-feira, 21 de junho de 2017

II FÓRUM DOS TRABALHADORES DO SUAS DE GUAMARÉ ELEGE DIRETORIA EXECUTIVA.

O Conselho Municipal de Assistência Social de Guamaré – CMAS, e a Secretaria Municipal de Assistência Social – SEMAS, realizou nesta terça-feira (06). com as categorias dos profissionais de nível superior, médio, fundamental e estudantes de serviço social o II 


Fórum Municipal dos Trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social – SUAS, com os objetivos de fazer  um estudo mais aprofundado das dimensões que irá marcar o mote da VII Conferência Municipal de Assistência Social do município de Guamaré, que traz a temática “Garantia de Direitos no Fortalecimento do SUAS, como espaço preparatório para as discussões com os usuários da assistência social e demandas dos trabalhadores focadas na sua organização política.


O II Fórum ocorreu em dois momentos, a tarde no Clube Municipal Vicente Brito de Miranda – Orla do Rio Aratuá com a abertura da secretária de assistência social, Marisa Rodrigues, a Presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, Neide Pereira e a convidada Palestrante Auricéa Xavier de Souza mestre em Políticas Sociais pela Universidade Federal Fluminense, além de técnica atuante na Proteção Especial da 



Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social – SEMTAS da cidade do Natal/RN. As falas iniciais foram destacadas pela secretária de assistência social, Marisa Rodrigues no apoio a iniciativa dos trabalhadores se organizarem para discutir o fortalecimento da política pública da assistência social, como também demarcar o espaço político do Fórum dos trabalhadores nas discussões que ora passa o País no desmonte da seguridade social brasileira, das conquistas sociais e na defesa da classe trabalhadora.



Na fala de Auricéa Xavier de Souza, deu ênfase aos trabalhadores da assistência social na condução efetiva do compromisso com os usuários do Sistema único de Assistência Social – SUAS para garantir direitos e empoderamento na mobilização e participação social.
Auricéa Xavier ressaltou a sua satisfação e alegria em encontrar em  Guamaré a estruturação do sistema implantado no sentido de ser uma cidade de Pequeno Porte I, em contar com todos os serviços concernentes à Política de Assistência Social, com os serviços de Proteção Básica (CRAS), Média (CREAS) e Alta Complexidade (Serviços e Unidade de Acolhimento), bem como demais serviços que suprem as demandas dos usuários atendidos pela SEMAS de Guamaré, com destreza, compromisso, respeito e, principalmente, como direito conquistado.



A noite aconteceu no auditório da Escola Municipal Benvinda Nunes Teixeira, as oficinas, onde a categoria dos trabalhadores do SUAS Guamaré se envolveram em quatro eixos: 1º – A proteção Social não-contributiva e o princípio da equidade como paradigma para a gestão dos direitos Socioassistenciais; 2º – Gestão democrática e controle social: o lugar da sociedade civil no SUAS; 3º – Acesso às seguranças socioassistenciais e a articulação entre serviços, benefícios e transferência de renda como garantias de direitos Socioassistenciais; 4º – A legislação como instrumento para uma gestão de compromissos e corresponsabilidades dos entes federativos para a garantia dos direitos Socioassistenciais.



Diante desse exercício de pensar, articular e compartilhar opiniões, visões e contribuições a respeito dos parâmetros socioassistenciais nas instâncias municipal, estadual e federal, que implicam diretamente nas incumbências dos trabalhadores do SUAS, bem como resgatá-los enquanto sujeito de direitos, cada eixo oportunizou aos trabalhadores o 



compromisso na defesa da política pública da assistência social. Por fim, ocorreu a eleição dos representantes da Diretoria Executiva do Fórum dos Trabalhadores do SUAS de Guamaré (FMTSUAS-GUAMARÉ/RN), sendo eleitos três trabalhadores de nível superior, três representantes de nível médio e dois representantes dos estudantes do curso de Serviço Social, formalizando a criação permanente do FMTSUAS-Guamaré/RN, com objetivo de fortalecer a categoria dos trabalhadores na “Garantia de Direitos no Fortalecimento do SUAS”.




Nenhum comentário:

Postar um comentário