segunda-feira, 10 de julho de 2017

CREAS REALIZA ATIVIDADES COM GRUPO DE MULHERES DO PROGRAMA DE APOIO A MULHER- PAM.

Foi realizado agora no dia 05 de Julho o Encontro que ocorre mensalmente do “grupo de mulheres” referente ao Programa de Apoio a Mulher – PAM no Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS, através da Secretaria Municipal de Assistência Social – SEMAS de Guamaré/RN. 


Esse evento foi conduzido pela Equipe Técnica do CREAS e contou a presença e participação da secretária municipal de assistência social Marisa Rodrigues. O grupo faz parte de uma das propostas de acolhida, fortalecimento de vínculos e empoderamento feminino acerca das situações de violações de direitos a que estas mulheres são expostas no seu convívio familiar, empregatício ou social.


O PAM foi instituído através da Lei municipal nº 647/2015, possui o objetivo de concretizar o atendimento integral a mulher, visando ações articuladas e de acesso às demais politicas públicas, buscando assim o fortalecimento e valorização da mulher e sua família.


Inicialmente as técnicas do CREAS realizaram uma palestra a respeito da importância do PAM, fortalecendo assim sua participação, quais os seus objetivos e deveres perante as mulheres guamareenses. 


No seu espaço, a secretária Marisa Rodrigues ressaltou a importância da participação social das mulheres principalmente na busca pela garantia de seus direitos enquanto cidadãs, bem como ressaltou a corresponsabilidade das mesmas quanto a assiduidade nos atendimentos aos serviços, nos níveis de proteção básica (CRAS), média (CREAS) e Alta complexidade. 


A secretária reforçou também que em sua gestão sempre teve primazia pelo zelo às necessidades das famílias atendidas pela Assistência Social no município, e que exige de suas Equipes Técnicas a acolhida, o respeito e os serviços prestados com excelência, a fins de abarcar as demandas das famílias que da SEMAS procuram, em equidade na garantia e promoção dos seus direitos.


Na ocasião, aconteceu a comemoração do “São Julhão” do referido grupo, sendo oferecido as mesmas comidas típicas de São João (Bolo de Milho, Bolo da moça, Mungunzá, Cocadas, Pipocas, Tapiocas, entre outras). A tarde se tornou bastante prazerosa, da garantia de direitos a comemoração da cultura nordestina através das peculiaridades juninas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário