domingo, 29 de maio de 2016

PRIMEIRA INFÂNCIA: GUAMARÉ É RECONHECIDA INTERNACIONALMENTE PELA UNICEF.

A cidade de Guamaré foi destaque esses dias, durante a III Mostra Internacional das Semanas do Bebê, que ocorreu no Recife. O município foi escolhido entre as seis cidades brasileiras para receber a condecoração internacional pelo desenvolvimento de boas práticas na Semana do Bebê em 2016 e trouxe para casa a certificação, através de uma placa que foi entregue a secretária de Assistência Social, Marisa Rodrigues.


A Semana do Bebê em Guamaré foi instituída pela lei 609/2013 e integra todas as políticas públicas para a primeira infância. O prêmio já havia sido conquistado em 2014 e para o prefeito Hélio Miranda, isso é fruto da dedicação da equipe envolvida no planejamento das ações que trazem hoje esse reconhecimento de uma organização internacional.


“Estamos no caminho certo também na promoção dos direitos das crianças. A lição que fica é que sempre haverá algo a mais que pudemos fazer pelo bem estar da população. Neste momento importante de alegria e entusiasmo, quero dedicar esta placa de reconhecimento pelo UNICEF a todos os cidadãos de Guamaré, e em especial as crianças e aos adolescentes”, declarou o prefeito Hélio Miranda.


O presidente da Câmara Municipal, vereador Eudes Miranda prestigiou a solenidade de entrega da placa, que coroou o encerramento da Mostra Internacional. Participaram do evento em Recife, além da Secretária de Assistência Social, Marisa Rodrigues, os secretários de Saúde, Adriano Diógenes, Educação, Cintia Katerine, Esporte, Larisa Mayara e de Articulação, Fabrício Morais.


O UNICEF RECONHECE O MUNICÍPIO DE GUAMARÉ PELO DESENVOLVIMENTO DE BOAS PRÁTICAS NA SEMANA DO BEBÊ 2016.


sábado, 28 de maio de 2016

Representação da Alta Complexidade de Guamaré participam da II Semana Estadual da Adoção

Aconteceu entre os dias 23 e 25 de maio a II Semana Estadual da Adoção, no Centro de Operações da Justiça Eleitoral (Coje), localizado no bairro Tirol e encerrando na cidade de Mossoró/RN.


A equipe de Alta Complexidade de Guamaré, representada pelas técnicas Maria Conceição (Assistente Social), Geíza Leôncio (Psicóloga) e Sayonara de Morais (Assistente Social) estiveram presentes no Encontro, que teve como tema “O direito da criança à convivência familiar”.



Também presente no encontro, o Corregedor Geral de Justiça, desembargador Saraiva Sobrinho, destacou a importância da família e o direito de crianças e adolescentes a ter um lar. Lembrou que esta é uma luta da sociedade e não somente do Judiciário.



A segunda edição da Semana foi organizada pela Coordenadoria Estadual da Infância e Juventude (CEIJ) do RN. O juiz José Dantas de Paiva, coordenador da CEIJ, apresentou vários aspectos referentes às “Adoções no Brasil após a Lei n. 12.010/2009, que trata dos novos aspectos legais relacionados à adoção”.


sexta-feira, 20 de maio de 2016

SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL, ATRAVÉS DO CENTRO DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL (CREAS) REALIZAM CAMINHADA E ABRAÇO SIMBÓLICO ALUSIVO AO DIA NACIONAL DE COMBATE A EXPLORAÇÃO SEXUAL DA CRIANÇA E ADOLESCENTE EM GUAMARÉ.

A Prefeitura Municipal de Guamaré, Secretaria de Assistência Social, Através do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS), e em parcerias com, CRAS, Casa de Passagem, Conselho Tutelar, CMDCA, NUCA, SCFV e Secretaria Municipal de Educação e Cultura, promoveram durante toda a semana uma série de atos e manifestações públicas lembrando o Dia Nacional do Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (18 de maio).


A escolha da data se refere a 18 de maio de 1973, quando Araceli Cabrera Sanches, uma menina de oito anos, foi sequestrada, drogada, espancada, estuprada e morta em Vitória (ES) por membros de uma tradicional família capixaba.



Apesar de diversas pessoas terem testemunhado o crime, não houve denúncia e até hoje está impune. Há 13 anos, o dia 18 de Maio foi instituído, através da Lei Federal nº 9.970/00, como “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Criança e Adolescente”.



A caminhada teve como objetivo de estimular e encorajar as pessoas a denunciarem/revelarem situações de violência sexual, bem como criar possibilidades e incentivos para implantações e implementações de ações quanto a políticas públicas capazes de fazer o enfrentamento dessa violação.




A caminhada aconteceu ontem (19) de maio, ás 16h, em frente ao CRAS e percorreu a principal avenida da cidade, dando encerramento às atividades desta semana, salientando que o trabalho e a luta em defesa dos direitos da criança e do adolescente continua.



Durante todo o percurso da caminhada, o público presente levavam faixas e cartazes para simbolizar o protesto. O evento contou com o apoio do Conselho Tutelar, Guarda Municipal, Banda Filarmônica, e Ambulância com enfermeiro, além da equipe de distribuição de água para todos.




Por Samara Miranda – “Não só nessa data, mas sempre ouvimos campanhas de conscientização serem feitas em prol de uma infância e adolescência saudável, uma vez que, caso contrário, a pessoa será marcada por traumas psicológicos as quais serão levados para o resto da vida.






Devemos, portanto, combater e apagar essa mancha de violência praticada em crianças e adolescentes. Você pode estar perguntando: como? Alertando, acompanhando as crianças nas redes sociais, denunciando no Disque 100, fazendo valer as políticas públicas que foram criadas para acompanhar os casos. E se conhecermos vítimas desse assédio, devemos encaminhá-las para os órgãos que estão à frente desse trabalho. 






  
Equipe do CREAS em Guamaré
Dirija-se agora à Secretaria de Assistência  Social da cidade e procure saber como funcionam o CREAS, o CRAS e a Casa de Passagem (um previne e o outro trata). Não deixe para amanhã; pode ser tarde”.

EQUIPE DE MOBILIZAÇÃO E DIVULGAÇÃO DO SELO UNICEF REALIZA COLETIVA DE IMPRENSA COM A MÍDIA LOCAL.

Foi realizada na manhã desta quinta (19), no plenário da câmara de vereadores uma coletiva de imprensa com a imprensa local, para apresentar o II Fórum Comunitário. Este fórum será a última etapa que o município de Guamaré realizará em busca do Selo UNICEF. E também foi explicado como será a dinâmica da cobertura no evento.


Conforme o guia de orientação para a realização do Fórum, a mobilização social para o II Fórum Comunitário passa necessariamente pela comunicação do evento à população. Para aumentar a mobilização pela garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes, é importante divulgar seus resultados e desdobramentos.


O sucesso do Fórum envolve também a visibilidade do evento e do conteúdo que nele é discutido.
Essa visibilidade pode ser conseguida estimulando a cobertura da mídia local antes, durante e após o 2º Fórum.


Ë importante estimular todos os envolvidos a acionar as rádios, TVs, jornais, blogs e sites da região para comunicar as conquistas discutidas no Fórum. As mídias sociais também são muito úteis e extremamente eficientes para essa finalidade. O município vem trabalhando arduamente para conquistar o Selo, o trabalho final deverá ser apresentado no dia 06 de junho do ano em curso, com um grande fórum que terá a presença de autoridades como Juízes, promotores, prefeito, vereadores e a participação de um representante do selo a nível nacional, que irá avaliar as metas e estratégias realizadas em Guamaré.


Estiveram presentes nesta coletiva as mobilizadoras Rita Anjos e Jocilda Dantas, Integrantes da comissão Sayonara, Fabrício, Caio, a imprensa os blogs Guamaré em dia, Atenção Guamaré, Águas de Maré, Selounicefguamaré, Macau em Dia, Galinhos em Dia e a fotógrafa Kassandra.

No final todos tiraram as suas dúvidas e se prontificaram de fazerem toda e total cobertura deste tão grande e importante evento.