quarta-feira, 30 de abril de 2014

A alegria em ser criança!


NOTÍCIAS DO SELO!


O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) deu início ao 2º Ciclo de Capacitação do Selo UNICEF Município Aprovado Edição 2013 - 2016. Até o dia 30 de maio, 15 cidades de 10 estados do Semiárido brasileiro serão polos de encontros de formação de lideranças adolescentes, gestores e técnicos municipais. Até o final do ciclo, representantes de 1.120 municípios serão capacitados para organizar o 1º Fórum Comunitário e o Núcleo de Cidadania dos Adolescentes (NUCA), ações estratégicas de participação social obrigatórias do Selo. 

A segunda etapa do programa de formação do UNICEF começa em Fortaleza/CE (de 22 a 24/04) e Vitória da Conquista/BA (24/04). O cronograma ainda prevê encontros em: Teresina/PI (28 a 30/04); Feira de Santana/BA (29 e 30/04); Vitória/ES (29/04 e 28/05); Natal/RN (06 a 08/05); Barreiras/BA e Pombal/PB (13/05); Campina Grande/PB (14/05); João Pessoa/PB (15/05); Arapiraca/AL (21/05); Maceió/AL (22/05); Salgueiro/PE (27/05); Arcoverde/PE (28/05) e Caruaru/PE (29 e 30/05). As datas dos encontros de Minas Gerais e Sergipe ainda serão definidas. 

O 1º Fórum Comunitário deverá ser realizado pelos municípios até 31/07/2014. “O 1º Fórum é um momento crucial da caminhada do Selo porque dá oportunidade à realização de diagnósticos participativos da situação da infância e adolescência e de Planos Municipais de Ação para a Proteção Integral de Crianças e Adolescentes”, diz Helena Oliveira, Coordenadora do Escritório do UNICEF em Salvador. “Juntas, lideranças locais vão identificar fatores de desigualdades no acesso aos direitos e planejar ações integradas para qualificar a atenção às meninas e meninos de até 17 anos”, completa. 


O NUCA, outro tema em destaque na 2º Ciclo de Capacitação, é todo espaço de encontro, formação e debate de adolescentes sobre assuntos que afetam as suas vidas. “Os núcleos vão qualificar a participação de jovens lideranças no Selo e na transformação de suas comunidades”, explica Oliveira. Segundo ela, os adolescentes deverão alimentar a reflexão do município sobre diversidade e desigualdades, em termos de gênero, raça e etnia, deficiências, vida urbana e rural. “A nossa expectativa é que eles possam contribuir na gestão municipal e na melhoria das políticas públicas para a infância e adolescência”, diz. 


O Selo UNICEF, Edição 2013 - 2016 é uma realização do UNICEF com o apoio da PETROBRAS, COELCE, CEMAR e Fundação Telefônica. A iniciativa conta com parceiros estaduais de implementação, entre governos, comitês gestores do Pacto Nacional Um mundo para a criança e o adolescente do Semiárido e organizações não governamentais: Associação para o Desenvolvimento dos Municípios do Estado do Ceará (APDMCE); Ação Social Arquidiocesana (ASA/PI); Casa Pequeno Davi (PB); Casa Renascer (RN); Centro Dom José Brandão de Castro (CDJBC/SE); Juspopuli Escritório de Direitos Humanos (BA); Secretaria Estadual de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social; e Serviço de Tecnologia Alternativa (SERTA/PE).

REUNIÃO TÉCNICA COM A COMISSÃO DA SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

Ocorreu no dia 15 de Abril de 2014 uma reunião técnica na sala do CRAS presidida pela Sra. Marisa Rodrigues da Silva - Articuladora do Selo UNICEF, também é a Secretária da Assistência Social no município, que iniciou a sua fala colocando para os presentes que o proposito do encontro seria capturar as informações emitidas pelas politicas públicas envolvidas nas ações para a conquista do Selo UNICEF Edição 2013-2016, que são Assistência Social, Saúde, Educação e Esportes e também para consolidar as atividades relacionadas para o evento do dia 18 de Maio - Dia Nacional de luta contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes – como referência de mobilização de massa. Assim, realizar a Campanha anual “Faça Bonito. Proteja nossas Crianças e Adolescentes”.


A campanha tem como símbolo uma flor, acompanhada da frase “Faça Bonito. Proteja nossas Crianças e Adolescentes”, lembrando-se do cuidado e da necessidade de defesa do direito de meninas e meninos crescerem de forma saudável e protegida.

Salientando que esta campanha está dentro das atividades relacionadas ao Selo Unicef para que a sociedade, o governo e empresas envolvidas com o tema são convidados a tomar parte do problema e assumir a sua responsabilidade diante do abuso e da exploração sexual contra crianças e adolescentes.
Desde então, a sociedade civil em Defesa dos Direitos das Crianças e Adolescentes promovem atividades em todo o país para conscientizar a sociedade e as autoridades sobre a gravidade da violência sexual.
Lei 9.970 – Institui o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Infanto-juvenil - Art. 1º. Fica instituído o dia 18 de maio como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.



A Sra. Marisa finalizou agradecendo o empenho de todos nas ações desenvolvidas pela secretaria. Participaram dessa reunião: Marisa Rodrigues da Silva (Articuladora do Selo UNICEF) - Jocilda Maria Ferreira Dantas (Secretaria Municipal de Assistência Social) Jaciane Capistrano da Cruz – Secretaria Executiva do CMDCA- Patrícia Cristiane Palhares Lessa – Coordenadora do CREAS - Viviane Félix da Silva – Psicóloga do CRAS de Baixa do Meio.

terça-feira, 29 de abril de 2014

1° FORMAÇÃO LOCAL DOS PROFISSIONAIS DA SAÚDE PARA O SELO UNICEF

A capacitação ocorreu no dia 14 de abril de 2014 e foi ministrada pela representante da Secretaria de Saúde do Selo UNICEF edição 2013 – 2016, Gabriela Beserra Solano, tendo início as 14:30 horas com a participação do Secretario de Saúde Francisco Adriano Holanda Diogenes, da Coordenação de Atenção Básica representada por Jarbas de Moraes Paiva, Maria Luisa Gama Neta e Raynne de Oliveira Pinheiro, dos profissionais de nível superior da Estratégia Saúde da Família e seus diretores, da representante do Serviço Social e de Enfermagem do Hospital Manuel Lucas de Miranda.


Nesta reunião foi apresentado o Guia Metodológico do Selo, sendo detalhado o significado do selo para o município, sua importância e as ações que serão desenvolvidas durante este processo.


Logo em seguida, destacaram-se os indicadores que precisam ser trabalhados neste período dando destaque os de responsabilidade da Secretaria de Saúde, sendo expostos os números dos anos anteriores de 2012 e 2013.

A partir disso os participantes expuseram estratégias para melhoria desses números, são elas:

1)         “Pasta da Gestante”: Será distribuída para cada gestante uma pasta contendo todos os documentos necessários para realização do pré-natal, a qual deverá ser cobrada não apenas na consulta, mas também no momento do parto;
2)         Cartão Espelho da Gestante: Para toda gestante deverá ser feito um cartão espelho, o qual ficará na unidade com intuito de ser consultado caso exista dúvidas sobre a situação que a mesma encontra-se.
3)         Xerox do Cartão da Gestante: Em todo parto que acontecer no Hospital Manoel Lucas de Miranda deverá ser feita uma cópia do cartão da gestante e anexada a Declaração de Nascido Vivo.
4)         Cartão Espelho da Vacina: Para todo cartão de vacina deverá ser feito um cartão espelho que permanecerá na Unidade com intuito de realizar a busca ativa das pessoas com vacina atrasada.
5)         Caderneta do Adolescente: Utilizar a caderneta em todas as consultas, por todos os profissionais e cobrar dos adolescentes que as levem quando forem ser atendidos.
6)         Comunicar Casos de Vulnerabilidade aos setores responsáveis, CRAS e CREAS.





Ficou acordado que estes profissionais serão os multiplicadores em suas unidades de saúde, divulgando o Selo para os demais profissionais bem como para a população a qual presta assistência. Sendo destacada a importância da realização de atividades educativas nas escolas do município.

REUNIÃO DE SENSIBILIZAÇÃO E MOBILIZAÇÃO COM EQUIPE DA ASSISTÊNCIA SOCIAL

Ocorreu no dia 09 de Abril de 2014 às 14h no Anexo do SCFV – Toca da Raposa – CRAS/Guamaré, uma palestra com a equipe da Secretaria de Assistência Social que teve como palestrantes Luzmarina Rosado Gouveia – Assessora Técnica – SEMAS e Jocilda Maria Ferreira Dantas (Mobilizadora - Secretaria Municipal de Assistência Social).


O evento teve inicio com a Sra. Luzmarina, que colocou para os presentes a pauta da referida reunião, em que a mesma possui o proposito de informar aos profissionais da Secretaria Municipal de Assistência Social – SEMAS, sobre a busca do Selo UNICEF pelo município de Guamaré/RN, sendo para tanto necessária à formação sobre a temática dessa conquista, e que neste encontro foram explanadas informações sobre a Metodologia do Selo UNICEF e também os indicadores que competem a politica pública em questão; foi também falado sobre o que será trabalhado para a reversão de indicadores negativos; e os objetivos do milênio, que são: acabar com a fome e a miséria; educação básica de qualidade para todos; igualdade entre sexos e valorização da mulher; reduzir a mortalidade infantil; melhorar a saúde das gestantes; combater a AIDS; a malária e outras doenças; a qualidade de vida e respeito ao meio ambiente e todos trabalhando pelo desenvolvimento.


Estiveram presentes representações dos profissionais da Secretaria de Assistência à articuladora do selo a Sra. Marisa Rodrigues da Silva (não pode comparecer), pois estava participando da Conferência Nacional da Assistência Social.

Pauta:
1ª Formação para Mobilização e Sensibilização interna, sendo apresentada a metodologia do Selo UNICEF Edição 2013-2016, e também os indicadores que cada programa poderá trabalhar para a sua reversão ou manutenção.


Reunião/Discussão:
A mobilizadora a Sra. Jocilda Dantas colocou para os participantes da reunião que cada programa desenvolvido pela secretaria terá que desenvolver a partir das informações que serão expostas nesta reunião, estratégias de enfrentamento e reversão de indicadores negativos que possam não contribuir para a obtenção do Selo UNICEF, que cada setor faça um relatório para a exposição destas estratégias.


A Sra. Luzmarina informou que o Selo UNICEF funciona como um mecanismo de gestão que busca proporcionar a melhoria na qualidade de vida e perspectiva de vida de crianças e jovens do município, e que o Prefeito Hélio Willamy de Miranda da Fonseca, assinou o Termo de Adesão, e que se comprometeu em fazer com que estes indicadores negativos sejam revertidos, e para que isso aconteça é necessário que cada politica pública trabalhe de forma conjunta e engajada para a conquista do Selo UNICEF.


O Selo UNICEF segundo a Assessora Luzmarina fomenta a participação social e democratiza a gestão pública, haja vista que a população que esta a frente dos serviços públicos, e que se utilizam dos mesmos, pode interferir para que estes serviços possam melhorar e para que estes possam ser oferecidos com qualidade para crianças e jovens.

A Sra. Jocilda expos sobre a Comissão Intersetorial do Selo UNICEF e a sua competência e os papeis que lhe cabem, sendo que cada politica pública possui atribuições; mas que todas possuem um proposito em comum que é trabalhar para reverterem indicadores que necessitam serem trabalhados, pois não adianta se uma politica conseguir reverter indicadores, se a outra não fizer a sua parte; sendo assim, será necessário que todos os envolvidos neste proposito, trabalhem em conjunto para a melhoria da vida de crianças e adolescentes do município. Salientou ainda que o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMCDA, é que possui o papel de coordenar todas as atividades e ações em prol da conquista do Selo UNICEF.


Foi informado durante a reunião que dentro do processo da conquista do Selo, terá que haver a participação dos jovens do município, pois os mesmos é que serão os agentes protagonistas das ações, e dentro das ações que deveram ser desenvolvidas por estes jovens em 2014: Formação do NUCA e a realização do 1º Fórum Comunitário.

Outro ponto mencionado na reunião foi à apresentação dos indicadores/eixos que estarão ligados a politica de Assistência Social que são: Eixo 4: Diminuir a violência, a exploração e os abusos contra crianças e adolescentes; e fortalecer o SGD nos municípios, garantindo a realização equitativa dos direitos e levando em consideração as dimensões de gênero, raça/etnia e deficiências; tendo como ações estratégicas: POLÍTICAS PÚBLICAS - Município implementando programas de prevenção e notificação compulsória de violências e atendimento a casos de violência sexual; Município implementando programas de prevenção e notificação compulsória de violências e atendimento a C&A em situação de trabalho infantil e Município com oferta própria, ou com parcerias, de serviços de acolhimento institucional ou familiar;


POLÍTICAS PÚBLICAS -  Município implementando programas socioeducativos de atendimento a adolescentes em conflito com a lei em meio aberto e a PARTICIPAÇÃO SOCIAL -  Município realizando ações de informação e comunicação em torno da violência sexual, trabalho infantil e/ou sobre letalidade de adolescentes negros e indígenas. 

Eixo 5: Adolescentes acessando políticas públicas multissetoriais e sendo reconhecidos pela sociedade por capacidade de contribuir para transformar a sua realidade - POLÍTICAS PÚBLICAS - Município distribuindo a Caderneta de Saúde do Adolescente e capacitando profissionais para o seu uso; Município com Comitê/Conselho de Combate às Drogas instalado e funcionando Adequadamente ;


PARTICIPAÇÃO SOCIAL  - Município realizando a Conferência dos Direitos da Criança e do Adolescente e garantindo a participação de adolescentes como delegados - Município implementando o Núcleo de Cidadania dos Adolescentes (NUCA) e promovendo o seu engajamento na realização das Ações Estratégicas de Participação Social (obrigatória); Eixo 6: Todas as comunidades do município com acesso à informação e conhecimentos sobre a situação das crianças e adolescentes e promovendo iniciativas pela redução das desigualdades, PARTICIPAÇÃO SOCIAL - Município realizando o 1º Fórum Comunitário do Selo UNICEF Município Aprovado Edição 2013-2016 (obrigatória); Implantação do Nuca(obrigatória); Município realizando o 2º Fórum Comunitário do Selo UNICEF Município Aprovado Edição 2013-2016 (obrigatória).


Posteriormente foi apresentada a forma como os municípios são avaliados para a obtenção do Selo UNICEF; sendo mais uma vez fortalecido o pedido de comprometimento de todos os profissionais para que esta conquista seja possível.

No final da apresentação foram feitos os encaminhamentos de caráter geral e encerramento com a tarefa que cada coordenador sentaria com a sua equipe e faria estratégias de enfrentamento e reversão de indicadores negativos de cada eixo dentro de cada programa desenvolvido pela Secretaria Municipal de Assistência Social – SEMAS, em que depois o mobilizador pegaria as devolutivas e posteriormente apresentará à articuladora e comissão do Selo. 

COMISSÃO DO SELO UNICEF REÚNE IMPRENSA LOCAL.

Ocorreu na noite desta terça-feira dia 08/04/2014 no auditório do Hospital Manoel Lucas de Miranda uma palestra com blogueiros e radialistas locais para apresentar o selo Unicef. A comissão organizadora do Selo na representação pela Assistência a Mobilizadora – Jocilda Maria Ferreira Dantas e Rita Anjos Mobilizadora pela Educação.


O objetivo da reunião foi de sensibilizar os comunicadores presentes para que juntos pudéssemos trabalhar com esta proposta e a divulgação via blogs e rádio é mais uma ferramenta de mobilização da população em geral e é também uma forma de expandir as ações que o município vem desenvolvendo em prol das crianças e adolescentes.


Na palestra foi apresentado o projeto desenvolvido pelo Unicef, que, durante quatro anos, apresenta metas e objetivos que devem ser alcançados pelos gestores municipais para que possam garantir a proteção de crianças e adolescentes de diversas cidades do estado.


Na oportunidade foram ditas as principais estratégias, objetivos e o papel de cada um nesta conquista pela busca do Selo edição 2013 á 2016.


Esta é a terceira edição do Selo Unicef em que a cidade de Guamaré participa e o grande objetivo é garantir a cidadania para crianças e jovens de nossos munícipio. Agora a imprensa local, os demais comunicadores e todos os representantes responsáveis terão que travar uma longa batalha para garantir o Selo Unicef e assim conseguir o tão desejado Selo.


Estiveram presentes nesta reunião a comissão de frente do Selo Unicef, Rita Anjos, Jocilda Dantas, Milena Olegário e Yara Paula, representando a imprensa local, Josivan Dantas, Marcos Fonseca, Carlos André, Gerson Almeida e Alef Aguiar, representando os comunicadores Alan Santos.
Todos se envolveram deram sugestões de expor o assunto do selo em seus blogs com enquetes e a participação em todas as atividades relacionadas ao Selo e também ficaram prontos para ajudarem no que fosse preciso.


A professora Rita Anjos, encerrou a reunião garantindo que depois de todas as metas cumpridas quem vai ganhar é a sociedade, com garantia de políticas publicas bem distribuídas dentro do município.


“Na verdade o selo UNICEF tem como meta formar cidadãos, conscientes dos seus Direitos e Deveres, tornando-os sujeitos questionadores e atuantes na sociedade em que vivem” Finalizou Gerson Almeida (Blogueiro).


Secretaria de Esportes de Guamaré reuniu equipe no plenário da Câmara Municipal para traçar plano de trabalho rumo ao Selo UNICEF.

Na tarde desta quarta-feira (02) de Abril de 2014, no plenário da câmara municipal de Guamaré, a Secretária de Esporte Lazer e Juventude Larissa Mayara reuniu sua equipe para traçar metas para serem desenvolvidas visando à contemplação do Selo UNICEF.


Na plenária a secretária Larissa que abriu o encontro, desenvolveu um trabalho de conscientização do que seja o Projeto do Selo UNICEF, com conceitos, trabalhos desenvolvidos pelo órgão Internacional, e o que conceito do que é UNICEF.


Logo em seguida o Coordenador de esportes da secretaria Alfredo Sergio, em sua explanação procurou dar com maior aprofundamento os conceitos e atribuições no órgão internacional, exemplificou os conceitos numa linguagem adequada para a plateia presente, para que os colaboradores da Secretaria de Esportes pudessem numa amplitude maior dominar e ser um multiplicador do conceito Selo UNICEF.


O Professor do Projeto Pequenos Samurai, Flavio Cantarelli também levou a sua palavra para os presentes fazendo uma síntese do projeto, tirando algumas duvidas e dando conceitos do que se trabalha no projeto.

O Diretor de esportes da secretaria Miguel Boente, em sua participação falou também aos presentes, e procurou mostrar os projetos que serão desenvolvidos neste primeiro semestre no seu departamento, ele citou a plateia o projeto da Escolinha de Beach Soccer, que será desenvolvido, fez um breve relato sobre o futsal que já é desenvolvido pela secretaria, e fez algumas alusões ao Projeto do Selo UNICEF. Encerrando o encontro a pedagoga, Nara d Silva Dias fez algumas sugestões pedagógicas a secretária Larissa, de como trabalhar o Projeto do Selo UNICEF com as crianças já engajadas dos projetos da Secretaria de Esportes, e reiterou o compromisso na luta pela conquista do Selo UNICEF para o nosso município.


Depois das explanações sobre o Projeto Selo UNICEF a Secretaria de Esportes, facultou a palavra aos presentes, e a Comunicadora Francisca de Lagoa Doce falou aos presentes reivindicando algumas ações para a comunidade de Lagoa Doce e Mangue Seco, foi também disponibilizado aos presentes, um formulário onde todos poderão dar também a sua contribuição individual, com sugestões para ações dentro do projeto do Selo.



A Secretária de Esportes - Larissa agradeceu a presença de todos, reiterou o compromisso que a secretaria tem com as crianças e os jovens Guamareenses, e convidou para que cada um que estava ali naquele encontro fosse um multiplicador no conceito do Selo UNICEF, pois assim seria uma ação simples e eficaz de trazermos esse benefício para a cidade de Guamaré. Logo em seguida foi servido um coquetel para os participantes do encontro.

1ª Formação local do Selo para Mobilização e Sensibilização de todos os funcionários das Escolas da Rede Municipal e Estadual de Guamaré.

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura através da sua mobilizadora e integrante da Comissão Intersetorial, a Professora Rita de Cássia A. dos Anjos, iniciou no dia 25 de Março do ano em curso as formações por blocos de escolas do município. As formações tiveram como objetivos SENSIBILIZAR E MOBILIZAR todos os funcionários das escolas para que conheçam o significado do que é SELO UNICEF e seus indicadores, para que seja possível traçar um plano de ação setorial com foco no objetivo 02 do guia desta edição que compete a Secretaria de Educação, em elevar seus índices e assim nosso município chegar a ganhar pela primeira vez o SELO.
As palestras ocorreram de 25 de Março a 10 de Abril, nos seguintes locais: Clube Municipal, Escolas Maria Madalena e Bibiano Xavier e também nos Ginásios de Salina da Cruz, Mangue Seco – I e o ginásio da Escola Maria Madalena/Baixa do Meio. Público presente - Diretores Escolares; Vice-diretores; Professores das Etapas de Ensino Infantil – Anos Iniciais – Anos Finais e Eja e Ensino Médio; Coordenadores pedagógicos; Merendeiras; Secretários e Secretárias Escolares; Porteiros; A.S.G; Inspetores de turno; Responsáveis escolares; Equipe pedagógica do Centro Darcy Ribeiro e Secretaria de Educação;  Escolas Municipais: José Silvino de Oliveira – C.E.I Olindina V. da Câmara Olegário – Profª Francisca Freire de Miranda – Benvinda Nunes Teixeira – Profº Antonio Theodorico – Jesuino V. de Melo - C.E.I Luiza Ferreira – Monsenhor José Tibúrcio – Pedro Guilherme – José Nunes – Felipe Alves – Profº João Batista – Luiz Cândido -  C.E.I Maria do Socorro – Jessé Freire – Sebastiana Ricardo – Francisco Maciel Escola Estadual: Nádia Maria Câmara e Núcleo Municipal de atendimento especializado
As formações aconteceram sempre com a seguinte pauta: Acolhimento com o vídeo de Nelson Mandela; Interação entre escolas; Apresentação da Metodologia do SELO UNICEF; Nosso papel no Selo UNICEF local; Lanche; Construindo estratégias para os indicadores; Apresentação final; Encerramento com o vídeo “Os valores das diferenças”.
A metodologia de selecionar as escolas em blocos facilitou muito o trabalho e a compreensão de todos os presentes, sendo que nosso município tem 19 escolas municipais e 02 do estado e mais um Núcleo de atendimento especializado a crianças com necessidades especiais. Durante a formação foi aberto espaço para que os participantes relatassem algumas experiências com as edições anteriores e o que estavam percebendo de diferente nessa edição, e foi relatado por alguns que a estratégia de primeiro informar os funcionários das escolas, já que são as mesmas que atuarão durante a edição 2013-2016 foi muito plausível, pois se algum membro que estava ali sendo formado for indagado sobre seu papel no selo UNICEF e até mesmo o que significa, eles poderiam responder perfeitamente já que estavam empoderados do lema “Guamaré em Busca do Selo Unicef”.
A informação é uma forma de democratizar o contato e o conhecimento que todo cidadão é digno de possuir, e quando se trata de elaborar e indicar ações que se transformem em políticas publica para nossa sociedade e principalmente para nossas crianças e adolescentes o envolvimento e a sensibilização nos torna em uma unidade. Ao passo que cada parte da pauta foi sendo cumpridos, os participantes iam interagindo mais com a metodologia da formação. Acredito ter ficado bem compreendido o que precisamos fazer para essa conquista, cada instituição presente se envolveu bem durante todos os momentos, sendo cientes de cada passo que temos que dar unidos por essa causa e que os beneficiados de toda a cão são os alunos, percebi nos relatos que o compromisso de cada um será de grande relevância nessa trajetória das ações do selo UNICEF em nosso município. Ainda foram apresentados quais os indicadores que temos que melhorar e criar estratégias, que são eles:

OBJETIVO 02 - Todas as crianças e adolescentes acessando, permanecendo e concluindo a educação básica de qualidade na idade certa, com sucesso na aprendizagem.
IMPACTO SOCIAL 6. Taxa de abandono no EF (por raça, etnia e gênero) – MEC/INEP 7. Distorção idade-série nos anos finais (5º a 9º ano) do EF diurno da rede municipal MEC/INEP 8. % de crianças beneficiadas pelo BPC que estão na escola – MDS/MEC 9. % de escolas da rede pública municipal que atingiram ou ultrapassaram a meta do IDEB, anos iniciais – MEC/INEP
OBJETIVO 2 – AÇÕES ESTRATÉGICAS - POLÍTICAS PÚBLICAS
3. Município implementando programas para a inclusão e permanência de crianças na educação básica 4. Município realizando as 2 etapas da Provinha Brasil nas escolas da rede municipal, com matrícula no 2º ano do EF 5. Município promovendo o acesso à água de qualidade, banheiro (M e F) e cozinha nas escolas.
OBJETIVO 2 – AÇÕES ESTRATÉGICAS - POLÍTICAS PÚBLICAS 6. Município implementando as leis 10.639 e 11.645 nas escolas 7. Município desenvolvendo ações de educação para a convivência com o Semiárido - PARTICIPAÇÃO SOCIAL - 3. Município promovendo ações de mobilização nas escolas em torno da campanha do UNICEF Por uma infância sem racismo.
Após a apresentação dos indicadores, objetivos e das etapas até 2016, todos sentaram por escolas e deram inicio a um plano de ação para sua escola e pensando nas demais, em como faremos para alcançar cada indicador. Ficou acordado que a mobilizadora iria retornar a cada escola e sentar com a equipe gestora para finalizar as estratégias para o plano de ação com base nos indicadores.

Enfim, Consideramos a formação muito produtiva, pois pudemos observar na postura e nos comentários dos presentes o desejo de dizer - Meu Município tem o SELO UNICEF, Meu Município tem políticas publica para nossas crianças e os adolescentes. Foram finalizadas as formações num total de 07 por blocos com um total de 432 participantes.


sábado, 26 de abril de 2014

A SECRETARIA DE ESPORTE E LAZER LANÇA PROJETO “LIVRO NA MÃO, BOLA NO PÉ” EXEMPLO DE CIDADANIA PARA COM AS CRIANÇAS E ADOLESCENTES DE GUAMARÉ.


A municipalidade contratou profissional especializado para junto com os profissionais da Secretaria de Esportes, potencializa-los com experiências e oficinas, o que já ocorreu na manhã desta sexta-feira (25) no auditório do Hospital Manoel Lucas de Miranda.

Participaram desta 1ª Oficina da Escolinha de Futebol as equipes de profissionais de Guamaré e Baixa do Meio, onde trocaram experiências e formas de como trabalhar as crianças de sub 10 a sub 19.

O Mister Rui Almeida de nacionalidade Portuguesa, professor em Educação Física onde tem vasta experiência com crianças no Clube Benfica de Portugal, irar coordenar o projeto, dando subsídios aos profissionais da Secretaria de Esporte.


Informações do blog Guamaré News 

Felicidade em ser criança!


quinta-feira, 24 de abril de 2014

Reflexão: Paz!



“Se queremos alcançar a verdadeira paz no mundo, devemos começar pelas crianças.” 
 Mahatma Gandhi



quinta-feira, 3 de abril de 2014

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE PROMOVE OFICINA DE SENSIBILIZAÇÃO E MOBILIZAÇÃO DO SELO UNICEF EDIÇÃO 2013-2016

Ocorreu nesta quarta-feira dia 19 de Março a Primeira Oficina de Sensibilização e Mobilização do SELO UNICEF EDIÇÃO 2013-2016 que se constituem em uma etapa inicial de ações estratégicas para a adesão da população, autoridades, organizações da sociedade civil, SGD, empresas, mídia, crianças, adolescentes e famílias, grupos religiosos, gestores e técnicos inseridos nas políticas públicas na conquista do selo UNICEF Edição 2013-2016 no município de Guamaré-RN.


A oficina ocorreu em dois momentos a apresentação da metodologia do selo, pela articuladora do Selo e secretária de assistência Social Marisa Rodrigues


abordando aspectos como: o que é o Selo UNICEF, como participar do Selo UNICEF, como os municípios serão avaliados pelo Selo, dentre outros aspectos, 


em seguida ocorreu à formação dos grupos com a coordenação dos mobilizadores do Selo: Rita de Cássia Andrade dos Anjos pela Secretaria de Educação, Jocilda Maria Ferreira Dantas pela Assistência Social, Larissa Mayara Secretaria de Esporte e Gabriela Beserra Solano pela Secretaria de Saúde, 


com participação dos profissionais da área de: Saúde, Educação, Esporte, Assistência Social, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Conselho Tutelar, Comissão Organizadora e também com a ilustre presença do Excelentíssimo Prefeito Hélio Willamy que na ocasião destacou a importância da implantação da metodologia do Selo UNICEF nas politicas públicas voltadas para proteção da criança e do adolescente no âmbito do seu governo, 



também destacou que estará envolvido em todo o processo, participando dos eventos e dando apoio e estruturação para reverter os quadros negativos dos indicadores na área da educação, saúde e assistência social bem como a construção de uma Política de Proteção Integral da Criança e do Adolescente, 


melhorando assim os índices de desenvolvimento humano das nossas crianças e adolescentes no nosso município.